Como elaborar um formulário de pesquisa perfeito? 6 DICAS
Share on twitter
Share on linkedin
Share on facebook

Atualmente existem muitas ferramentas na internet que permitem elaborar os mais diversos tipos de formulários de pesquisas on-line. Alguns exemplos são: Google Forms, Typeform e o SurveyMonkey.

Mas, por mais que elas ajudem a desenvolver sua pesquisa, distribuir os questionários, coletar os dados e analisá-los rapidamente, nem sempre sabemos como elaborar um formulário de pesquisa adequado.

Para te ajudar, preparamos esse guia prático com um passo a passo completo para você sair daqui expert na montagem de formulários de pesquisa on-line.

Curtiu a ideia? 🤩

Então continue a leitura para aprender como elaborar um formulário de pesquisa e atingir os melhores resultados.

Como elaborar um formulário de pesquisa que traga bons insights

Pesquisa de marketing é um poderoso recurso para marcas que precisam estar a par das tendências de consumo, entender os valores e motivações de seus clientes e conhecê-los profundamente, para atender suas necessidades da melhor forma possível.

Uma alternativa mais rápida e acessível financeiramente de uma empresa ter esses dados, é fazendo uma pesquisa on-line.

Mas há um detalhe importante: é preciso saber como elaborar um formulário de pesquisa que engaje os respondentes e, além disso, traga as informações que você precisa.

Para isso, não basta simplesmente começar a escrever perguntas, é necessário conhecer alguns fundamentos sobre pesquisa de mercado e como aplicá-los adequadamente na elaboração dos questionários.

Antes de elaborar o questionário

Quando se cria uma pesquisa, várias providências devem ser tomadas, mas podemos resumi-las em 3 principais:

  1. Formular o problema da pesquisa;
  2. Determinar o objetivo da pesquisa;
  3. Definir o público-alvo.

Portanto, não seja apressado! A verdade é que não há como elaborar um formulário de pesquisa que traga resultados efetivos e bons insights sem antes definir claramente estes 3 outros pontos.

Vamos usar um exemplo hipotético. Uma empresa de cosméticos vai lançar uma nova linha de esmaltes para o verão e pretende usar uma pesquisa para ajudar em seu planejamento.

1. Formule o problema da pesquisa

O problema da pesquisa normalmente é definido por meio de uma pergunta que, em nosso exemplo, poderia ser formulada desta maneira: “Como desenvolver uma nova linha de esmaltes para o verão?”

2. Determine o objetivo da pesquisa

Agora é preciso definir exatamente quais informações serão necessárias para se resolver o problema da pesquisa.

Normalmente há um objetivo principal, que, no nosso caso, poderia ser:

  • Descobrir quais benefícios nosso público-alvo mais valoriza em um esmalte.

E os secundários, algo como:

  • Determinar a faixa de preço ideal para os esmaltes;
  • Identificar as cores preferidas pelo público;
  • Descobrir se clientes têm alguma restrição em fazer compras pela internet.

3- Defina o público-alvo

O público-alvo, no caso desta pesquisa, já é aquele que a empresa determinou em seu modelo de negócio e planejamento estratégico: mulheres entre 14 e 55 anos, das classes B e C, moradoras do estado de São Paulo.

É claro, pode haver casos em que o objetivo da pesquisa seja exatamente definir qual é o público-alvo ideal para determinado produto ou serviço.

Elaborando o formulário de pesquisa

Depois de toda essa teoria, aprender como elaborar um formulário de pesquisa é bem tranquilo.Com base nos seus objetivos principais e secundários, crie perguntas que ajudem a encontrar cada uma das informações necessárias.

Veja algumas dicas:

  • Pergunte de forma direta, seja objetivo e sem rodeios;
  • Use o português formal, sem gírias, para construir um texto claro;
  • Se possível, use exemplos, imagens e até vídeos, já que estamos falando de pesquisas online;
  • Empregue perguntas de forma a encerrar o questionário caso o respondente não se enquadre no perfil, por exemplo: você usa esmaltes?;
  • Antes de iniciar o questionário, contextualize o respondente sobre do que se trata a pesquisa;
  • Varie os tipos de perguntas, conforme seus objetivos.

Principais tipos de perguntas

Múltipla escolha

Em que há mais de uma resposta, mas se divide em dois tipos:

  1. Quando o respondente só pode assinalar uma delas:“qual dessas é a sua cor de esmalte preferida?”; ou
  2. Quando o respondente pode assinalar mais de uma:“quais são as suas 3 cores de esmalte preferidas?”.

Resposta única

Geralmente a resposta é SIM ou NÃO, ou se refere a características do respondente, como sexo, idade, renda, etc.

Um exemplo: Você já comprou esmalte online? ( ) SIM ( ) Não.

Em escala

Avalia o grau de contentamento ou descontentamento de algum item e julga opiniões de produtos ou serviços. O mais comum é colocar as opções da escala Likert, que são:

  • Concordo totalmente;
  • Concordo em parte;
  • Indiferente;
  • Discordo em parte;e
  • Discordo totalmente.

Escalas de 0 a 10 também são bastante utilizadas, como na pesquisa de satisfação do cliente NPS.

Abertas

Respostas discursivas em que o entrevistado escreve livremente o que pensa sobre uma pergunta. Apesar de trazerem insights interessantes, são impossíveis de tabular e precisam ser lidas uma a uma.

Dropdown ou lista suspensa

O entrevistado escolhe sua resposta em uma lista de rolagem, recurso usado quando há mais de uma resposta para diferentes pessoas. Um exemplo é responder sobre em qual ano, data e dia a pessoa nasceu.

A técnica é útil para empresas que precisam fazer questionamentos que oscilam de acordo com o entrevistado.

Use o Google forms integrado a outras ferramentas

Como dissemos no início deste conteúdo, uma das plataformas on-line que você pode fazer formulários de pesquisa é o Google Forms. Ela é bem simples e intuitiva de ser utilizada e para isso basta ter uma conta no Google.

Olha o vídeo abaixo e entenda tin tin por tin tin de como elaborar um formulário de pesquisa no Google Forms.

Bem simples né? 😎

E tem mais! Que o Google Forms é uma excelente alternativa para fazer pesquisas, você já sabe, mas saiba que pode deixar a ferramenta ainda mais eficiente.

Com a Pluga você pode integrar o Google Forms com mais de 54 ferramentas e ganhar mais tempo para se dedicar a atividades mais importantes para o seu negócio.

Veja alguns exemplos do que a Pluga preparou para você automatizar em seu negócio quando estiver usando o Google Forms:

Esse artigo foi útil para você? 😎
Média: 0 / 5

Você também pode gostar

O Bot no Discord é um dos recursos que fazem deste software um grande sucesso entre seus usuários. E olha que não são poucos […]