Empreendedorismo

Growth Hacking: o que é e como usar em sua empresa

29/06/2016
growth hacking o que é

Fomos convidados a participar do primeiro Encontro dos Growth Hackers SP, que rolou no Cubo. Aproveitamos para contar um pouquinho do que aconteceu de especial e compartilhar os principais aprendizados com você! Fique por dentro das principais estratégias de Growth Hacking.

Growth Hacking: o que é e quais as estratégias

Mas afinal: Growth Hacking, o que é?

De acordo com Ryan Holiday, Ex-diretor de Marketing da American Apparel e autor do livro Growth Hacker Marketing:

“Growth Hacker é um híbrido entre o especialista em Marketing e o desenvolvedor de código, que analisa questões fundamentais do Marketing como “Como conquistar mais clientes para o meu produto? ” e responde com Teste a/b, landing pages, fatores de viralidade, entregabilidade de emails, etc.”

Ficou mais claro o que é Growth Hacking? Parece que é uma expressão cada vez mais usada, não só no meio de startups. Olha o Google Trend report para o Termo “growth hacking“!Growth Hacking o que é

Estes profissionais trabalham com os recursos disponíveis e desenvolvem táticas “hacks” para crescimento acelerado. 

Material bônus! 📩  Está pensando em formar uma equipe e usar estratégias de Growth Hacking para a sua empresa? Ou só quer saber um pouquinho mais sobre Growth Hacking? A RD Station fornece um material educacional gratuito e muito bom sobre isso em “O Guia Definitivo do Growth Hacking – teoria e prática“.

Confira também: Entrevista com Amure Pinho, Presidente da ABStartups

Growth Hacking: o que é, segundo…

Marco Gomes, Fundador do Mova Mais e da Boo-Box. O Marco usou, no período de pré-lançamento do Mova Mais, muitas Splash Pages [Landing Pages]. E qual foi a tática? Ele contratou uma boa assessoria de imprensa que o ajudava a direcionar tráfego para a Splash Page e isso permitiu que a Mova Mais conseguisse mais de 20 mil cadastrados antes do lançamento.

Um ponto importante que o Marco pontuou foi a análise do retorno entre os variados canais de mídia. Para o Mova Mais o resultado de um artigo no Catraca Livre, que cadastrou 80 mil leads, foi muito maior do que na Folha de São Paulo, que cadastrou apenas mil leads. Claro que toda a startup tem o seu mercado e o seu canal, mas é importante abrir o olho de que há canais alternativos a Globo.com, Folha, etc.

E uma frase do Marco me chamou muito a atenção. “Frustração é a diferença entre expectativa e realidade“. Essa frase pode ser bem contextualizada quando recebemos um e-mail da imprensa ou um telefonema e projetamos uma expectativa muito maior do que podemos entregar. Como, por exemplo, projeção de faturamento para o ano ou número de clientes.

Gabriel Costa, Growth Hacker da RD Station. RD Station é uma das principais ferramentas de automação de marketing do Brasil. Eles estão realizando um trabalho incrível, o que se reflete na expectativa de faturamento de R$ 37 Milhões para 2016 (Ah! Você sabia que RD Station já é uma ferramenta integrada na Pluga?). O Gabriel começou contando sobre um desafio muito grande para a equipe comercial, que é explicar o compromisso de fidelidade do cliente para com a RD Station. Talvez você não saiba, mas a RD Station pede um compromisso financeiro de cara, inclusive com direito a multa em caso de quebra de contrato. Ele explicou que existe um tempo de mais ou menos 4 meses para o cliente começar a perceber o resultado da RD Station, isso porque demanda implementação, estratégia, testes A/B. Isso não é fácil e demanda força de vontade do cliente. Para ajudar o cliente a Resultados Digitais conta com mais de 80 pessoas na área de CS, que seria algo como departamento de Sucesso do Cliente [Ah! Atendimento ao cliente e Sucesso do cliente são áreas diferentes hein] . Pelo que entendi não houve um grande “hack” e sim muito trabalho de Inbound Marketing e de indexação de palavras chaves.

Rafael Carvalho, Growth Hacker da Nubank. Nubank é uma das startups mais promissoras do Brasil, crescendo a uma média superior a 60%/ mês. E ainda contam com uma fila de mais de 100 mil pessoas na análise de crédito! 💰💰  O Rafael contou que a imprensa foi essencial no início, e que o artigo da Exame de 2015 deu a visibilidade que precisavam para começar. Isso, somado ao atendimento ao cliente diferenciado, tornaram a Nubank uma das startups mais quente do ano de 2015. Eles também abusaram de estratégia de MGM (Member Get Member). Quem não se lembra dos convites para o cartão Nubank?

Hugo Bernardo, Country Manager da Eventbrite. O Hugo elevou o nível da discussão ao questionar se realmente vale a pena perder muito tempo pensando em estratégias de Growth Hacking. O ponto do Hugo é que os “hacks” podem sim ajudar as startups a terem pequenos picos de crescimento, mas não os ajuda a criar uma estratégia de médio/ longo prazo. O que o empreendedor deve fazer é realizar mais testes de produto, focar em atendimento de qualidade e customizar soluções para problemas locais  (isso trazendo um pouco mais para a realidade da Eventbrite, que é uma empresa norte-americana). Gostamos muito da visão do Hugo e já tivemos um super papo com ele em nosso podcast. Perdeu? Então dá uma olhada aqui!

Pausa para uma curiosidade

Growth Hacking o que é

Todos os Growth Hackers buscam o “Santo Graal”, ou seja, um crescimento acelerado como do Hotmail. Em 1997 o pessoal do Hotmail teve uma ideia simples, mas genial: eles adicionaram uma linha no final de cada e-mail enviado com a seguinte mensagem: “Get Your Free Email at Hotmail.”.  Esta única linha, com um link que levava ao site do Hotmail, serviu como marketing gratuito que teve um efeito vital para a empresa. Em menos de um ano a tática levou mais de 12 milhões de usuários para a plataforma.

Veja também: Veja como a ABStartups criou uma experiência incrível para seus associados

O que aprendemos sobre estratégias de Growth Hacking com…

Matt Montenegro, fundador do blog Vida de Startup e da Beved. O blog Vida de Startup é um dos mais legais no universo de startups brasileiras, mas nem sempre foi assim. Quando o Matt começou ele tinha pouco tempo para criar conteúdo e ai a sacada dele foi traduzir o maior número possível de conteúdos internacionais. Ele fazia uma curadoria de conteúdo e traduzia para os leitores brasileiros. Depois ele começou a convidar outros empreendedores, em um modelo de Guest Post. E uma outra coisa que ele testava bastante eram os títulos, como o título do artigo “Pare de reclamar da Bel Pesce e comece logo a trabalhar“, que gerou mais de 10 mil visitas em um dia.

Ótimo! E o que fica de aprendizado?

Minha opinião é que não existe uma bala de prata. E imagino que as startups que estavam lá também concordam. Se você não tem um excelente produto não importa a estratégia que você vai implementar. O resultado não vai existir.

Growth Hacking o que é

Growth is an after-effect of strong product market fit and great distribution.” Andrew Chen

Se me perguntassem: – Growth Haking, o que é? – Diria que o primeiro passo é entender a realidade da sua empresa, o “estado da arte” do seu produto e ai então realizar testes em canais. Os mais tradicionais me parecem que são os que realmente dão certo. Assessoria de imprensa, indexação de palavras chaves [SEO] e conteúdo de qualidade. Isso é o básico. Com isso você pode ir evoluindo para canais pagos, assumindo que você sabe os unit economics da sua startup [Custo de aquisição de cliente, Lifetime Value, Churn, etc].

Faixa Bônus do papo: se você é empreendedor digital então tem que dar uma passada no Cubo, que é uma iniciativa da Redpoint eventures e Itaú para conectar, inspirar e transformar o ecossistema empreendedor. E se um dos objetivos é realizar conexões entre empreendedores então você tem que dar uma olhada no aplicativo “Beer or Coffee” para iOS ou Android. Ele possui uma interface meio parecida com o Tinder, mas para conexões. Você pode ler uma breve descrição da pessoa e pode convidá-lo para tomar uma cerveja ou um café (óbvio! 😜). É de graça e quebra um galho em eventos como esse. Para usar você precisa digitar, no aplicativo, o código da comunidade do Cubo, que é 1516. Todo mundo no Cubo usa e aí você aproveita para conhecer as startups residentes. 

Gostou? Tem alguma dica? Ou alguma estratégia de Growth Hacker que vale a pena ser compartilhada? Sabe tudo de Growth Hacking, o que é e como se aplica na prática? Fale com a gente!

Veja mais: Entrevista com Marcelo Salim, Empreendedor Endeavor do Ano & Diretor de Educação do Startup Rio

Descubra também a entrevista com o empreendedor Pedro Renan que fala sobre o que é Growth Hacking, entre outros assuntos.

You Might Also Like

close

O que os

EMPREENDEDORES MAIS EFICAZES

fazem e você não?


Separamos os 5 hábitos que os CEOs da Airbnb e Amazon usaram para criar empresas líderes de mercado


Com esse e-book você saberá:

check
check
check

Como a visão revolucionária de Brian Chesky, fundador da Airbnb, gerou uma startup de US$ 30 bi;

Quais são os segredos da rotina de Richard Brenson, dono de um império com mais de 400 empresas

Tenha tudo isso e mais!

  • Seus dados estão seguros! Prometemos não te enviar spam.