Entrevistas

Entrevista com Marcelo Salim, Empreendedor Endeavor

29/06/2016
Marcelo Salim

Marcelo Salim já fez um pouco de tudo na vida. Largou uma carreira estável na IBM para empreender, fundou uma empresa com operação mundial e ganhou o prêmio máximo da Endeavor de Empreendedor do Ano em 2001. Atualmente é Diretor de Educação do Programa Startup Rio e CEO da Rava, empresa de Projetos Especiais que realiza o Jogo das Estrelas do Zico.

Tivemos o prazer de conversar um pouco com essa referência em empreendedorismo de tecnologia no Brasil.  E compartilhamos com você aqui!

Veja também: Entrevista com Amure Pinho, Presidente da AB Startups

Escute a entrevista com Marcelo Salim:

Leia o que disse Marcelo Salim nesta interessante entrevista

Yan: Para quem não sabe você é um empreendedor Endeavor, uma organização mundial que promove o empreendedorismo de alto impacto. Muita gente boa já passou por lá como o Marcelo Sales, da Movile, e a Zica, da Beleza Natural. E, em 2001, você teve a honra de ser escolhido como empreendedor do ano pela Endeavor Global.

Eu tenho duas perguntas em relação a isso: a – O que acontece de tão especial dentro da Endeavor para formar tanta gente boa? E b – Qual fato que você considera decisivo na sua escolha como empreendedor Endeavor naquele ano (2001).

Marcelo Salim: É sempre difícil falar, pois é uma junção de muitos e muitos fatores. O Peter Drucker tem um artigo muito bom que recomendo, que se chama Managing Oneself e ele fala uma coisa que é determinante: a energia que você gasta para levar uma pessoa ok para muito boa é infinitamente maior do que levar uma pessoa já muito boa para excelente. Então todo o processo está na escolha das pessoas, logo na entrada. E a Endeavor faz isso muito bem. O processo é extremamente rigoroso.

Eu fui um dos primeiros Empreendedores Endeavor, algumas pessoas até falam que eu só passei porque o processo era fácil no início. Mas, não é justo falar isso, porque na entrada não havia a Endeavor Brasil, então todo o processo foi feito nos EUA, então foi muito pior. Quem fez o meu second opinion review foi a própria Linda Rottenberg, que é a fundadora e CEO mundial da Endeavor. No meu painel de seleção todas as pessoas que estavam eram do Vale do Silício, o próprio  Beto Sicupira estava no painel.

O que acontece dentro da Endeavor: uma vez que você já tem as pessoas boas, é como se fosse um acelerador de partículas. Você coloca muita energia, muita gente boa, em um processo de muita aceleração e aquela colisão toda de oportunidades vai propiciando o surgimento de muita coisa boa.

Não poderia ser diferente. O principal valor da Endeavor é o networking. Um quer o bem do outro e claro que isso é muito forte no mercado. A Endeavor conseguiu se colocar de uma forma que influencia diretamente a agenda de startups, a Linda já foi capa da Times.

Curtiu o papo com Marcelo Salim? Então dê uma olhada no Podcast que fizemos com Sabrina Gallier, Ex-CMO do Peixe Urbano, fundadora & CMO do Nibo!

Você também deve gostar de