Financeiro

Descubra o que é FinTech e como ela pode ajudar a sua empresa

07/06/2016
FinTech é uma startup de serviços financeiros

Somente lendo o nome FinTech, podemos acreditar que se trata de uma nova plataforma ou feira tecnológica. No entanto, o conceito é muito mais simples do que o nome sugere: FinTech’s são startups voltadas para o mercado financeiro, que oferecem novas soluções baseadas no desenvolvimento tecnológico recente.

É um setor em franco crescimento atualmente. Conforme dados da Accenture, uma importante empresa de consultoria, os investimentos em tecnologias financeiras saltaram de US$ 930 milhões para US$ 2,97 bilhões em um período de cinco anos. Um crescimento de mais de 60% ao ano, o que não é visto muito frequentemente.

Mas, então, o que é mesmo uma FinTech?

Você já ouviu falar de Nubank, Pagar.me, Nibo e MoiP? Eles são ótimos exemplos de FinTech’s. Confira:

  • Nubank: é uma FinTech que oferece serviços de crédito para seus clientes sem burocracia. Basta fazer um cadastro que, se aprovado, dará ao usuário o direito a um cartão que será gerido somente no meio digital, por meio de um aplicativo;
  • Pagar.me: é uma empresa de meios de pagamentos online. Eles oferecem soluções para Marketplace e recorrência, tudo em uma interface bem intuitiva;
  • MoiP: é uma startup de meios de pagamentos online, que oferece a possibilidade de qualquer empresa receber pagamentos em transferência bancária, boleto, cartão de débito ou crédito e parcelado;
  • Nibo: é um programa de gestão financeira simples para pequenas e médias empresas. Dentre outras coisas, permite a unificação dos formatos de arquivos contábeis e seu compartilhamento entre empresa e contador, fazendo um meio de campo para você perder menos tempo.

O que todas essas empresas têm em comum?

São empresas que diferenciaram seus serviços financeiros por meio da tecnologia e da internet. Elas podem não parecer muito diferentes dos serviços financeiros atuais, mas isso é um engano.

O primeiro ponto é que estão totalmente voltadas para a experiência do usuário. O segundo ponto é que conseguem orientar todas as suas ações a métricas reais. As startups financeiras são mais especializadas justamente por possuir um grande volume de dados estruturado (o famoso “big data”), o que ajuda a criar soluções únicas.

Elas ainda conseguem usar umas série de ferramentas web, como o Mixpanel ou Google Analytics, para balizar suas campanhas e atividades. Já os bancos e os meios financeiros tradicionais lidam com diversos tipos de operações. E possuem uma boa parte de suas atividades offline.

As startups de FinTech buscam criar ferramentas e processos que facilitam o acesso aos serviços financeiros, quando muitos bancos parecem desejar restringi-los. Além disso, oferecem muito mais praticidade, sem burocracia e custos abusivos, pois partem da ideia de que as pessoas devem gerir a sua vida financeira como parte do seu dia a dia.

Como as FinTech’s funcionam?

Por já terem nascido no mundo digital, as FinTech’s oferecem produtos e serviços mais baratos, visto que diminuíram os custos em infraestrutura desde o início. Também, sua estrutura é baseada na nuvem, reduzindo, assim, o tempo para o retorno do investimento.

Além disso, são modelos de negócios que buscam pensar na otimização de recursos para oferecer o melhor serviço ao usuário. E claro, estão pensando sempre no limite da regulamentação, o que certamente evita os altos custos legais e de compliance.

Toda a gestão é baseada em processos extremamente modernos. Enquanto os bancos fazem esforços para migrar para a era tecnológica, as startups já iniciam com as melhores ferramentas e com funcionários já treinados para utilizá-las. Um exemplo disto é a luta dos bancos tradicionais na migração de sistemas legados para sistemas cloud.

Com todos esses pontos, as FinTech’s proporcionam uma boa aposta de investimento para Fundos de Capital de Risco e uma experiência única para seus usuários. A era de soluções pouco criativas e bem tradicionais no mercado financeiro acabou. As startups financeiras vieram para conquistar a todos.

You Might Also Like

close

[CHECKLIST GRATUITO]

Como criar sua campanha de

e-mail marketing do ZERO sem esquecer nenhum detalhe.

Confira as 3 etapas fundamentais de como criar e-mail marketing e obter sucesso na sua campanha.

Cadastre-se para baixar esse Checklist GRÁTIS!

envelope-o