Financeiro

Turbine seu negócio com 3 ferramentas de controle financeiro

26/07/2016
ferramentas-de-controle-financeiro-pluga

Cada vez mais surgem ótimas ferramentas no mercado de serviços financeiros (FinTech) no Brasil. Cada uma delas é muito boa no que se propõe, mas realiza apenas uma parte específica de tudo que tange a gestão financeira de uma empresa. Até porque é impossível ser bom em tudo. E um setor dentro de serviços financeiros que definitivamente tem se destacado no Brasil são as ferramentas de controle financeiro como Nibo, Conta Azul e Zeropaper.

As ferramentas de controle financeiro podem parecer pouco relevantes nos momentos iniciais de uma startup, quase um luxo. Mas é ai que mora o perigo. Uma pequena empresa vai encontrar muitos desafios, inclusive com a receita federal, se não começar a se preocupar com a saúde financeira desde o primeiro mês.

O desafio

No início da jornada, os empreendedores fazem um pouco de tudo. Do atendimento ao cliente, desenvolvimento de código ou até empacotam os produtos. Isso é normal no desafio de trazer os primeiros 100 clientes. Mas o que acontece quando as coisas começam realmente a dar certo? Quando não é mais possível fazer tudo só você e o seu sócio?

Se você não se preocupar em criar uma estrutura que funcione independente da pessoa que esteja no processo e que ela seja mais automatizada possível, acabará perdendo horas preciosas do seu dia imerso em uma série de abas diferentes, usando ferramentas que não se comunicam.

Uma das coisas que mais fazemos na Pluga é conversar com as empresas e entender os principais desafios que esses empreendedores possuem com as ferramentas no seu dia a dia. Já conversamos com mais de 150 empresas e um dos principais problemas identificados é o tempo perdido administrando todo o ecossistema de ferramentas que esses empreendedores usam no operação do seu negócio.

O tempo médio perdido nessas empresas chega a ser de 3 horas por dia. Parece pouco? Considerando que um mês útil possui 22 dias, esse tempo perdido chega a 66 horas por mês.

Caso você seja o responsável pelo financeiro do seu negócio, provavelmente uma parte da sua rotina é analisar os principais indicadores. Mas, antes de analisar os dados, você precisa compilá-los. Quando as ferramentas não conversam entre si esta simples atividades pode parecer interminável por conta do trabalho repetitivo de copiar e colar informações de um lado para o outro.

“O que não se mede, não se gerencia.”, Peter Drucker.

Esse post é para ajudá-lo a automatizar o seu fluxo financeiro e contábil integrando seu meio de pagamento, software de gestão financeira e emissão de nota fiscal. No nosso exemplo, utilizamos iugu, Nibo e NFe.io, mas a solução aplica-se a outras ferramentas.

Veja mais: Adeus papel e caneta, bem vindo a era do software financeiro

As ferramentas de controle financeiro em destaque

Vamos apresentar a seguir 3 ferramentas de controle financeiro que se integradas podem trazer excelentes ganhos de produtividade para sua empresa.

iugu

o é propriamente uma ferramenta de controle financeiro, mas com certeza estar ciente dos pagamentos aprovados, recusados, em disputa, chargeback, etc faz parte das atribuições desse departamento. A iugu é uma empresa de pagamentos online que oferece, dentre muitas funcionalidades, checkout transparente, compra por 1 clique, billing para assinaturas e mensalidades e emails transacionais para resgate de clientes desistentes.

ferramentas de controle financeiro

Nibo

O Nibo é uma  ferramenta de controle financeiro e contábil simples, porém robusto, para pequenas e médias empresas.

Dentre outras coisas, permite a unificação dos formatos de arquivos contábeis e seu compartilhamento entre empresa e contador, fazendo um meio de campo para você perder menos tempo. Assim, todo gestor pode ter suas finanças e contabilidade online, de forma organizada e eficiente.

ferramentas de controle financeiro

NFe.io

Sabemos que muitos empreendedores brasileiros tem uma enorme dificuldade em emitir nota fiscal eletrônica.E esta é mais uma das ferramentas de controle financeiro que pode ajudar muito a sua empresa ou, no pior do casos, até salvá-la das pendências com a receita federal. O NFe.io quer simplificar a emissão de nota fiscal eletrônica de serviço. E, nessa jornada, ajudar o pequeno empreendedor a perder menos tempo com atividades burocráticas, tendo mais controle sobre o que está fazendo.

ferramentas de controle financeiro

A solução

Para resolver essa falta de comunicação entre as  ferramentas de controle financeiro, devemos integrá-las e realizar essas tarefas manuais através das APIs dessas ferramentas. E a pergunta que resta é: como fazer isso?

Veja também: O que significa API e como isto pode mudar a sua vida

Faça você mesmo

Se você é uma empresa com presença digital, provavelmente possui alguém da sua equipe responsável pela área de tecnologia e esta pessoa poderia realizar a integração entre as ferramentas de controle financeiro. Segue o passo a passo do que fazer:

  1. Estudar as documentações das ferramentas e entender como a API delas está estruturada.
  2. Verificar se essa ferramenta possui uma biblioteca para a linguagem de programação que a sua empresa utiliza.
    • Exemplo: se o seu produto é desenvolvido em Ruby (como aqui na Pluga :D) ter uma biblioteca que implemente a API em Ruby vai te poupar tempo e ajudar na integração dessa ferramenta com o seu produto. Caso ela não existe, é altamente recomendado que você faça a implementação dessa API em Ruby.
  3. Mapear os fluxos das informações. Entender quais gatilhos vão ativar o envio de um dado X da ferramenta A para a um local Y na ferramenta B.
    • Exemplo: A cada pagamento aprovado (dado X) na iugu (ferramenta A), gerar um contas à receber (local Y) no Nibo (ferramenta B).
  4. Fazer a transformação desses dados. Agora que você já sabe quais os gatilhos que vão ativar o envio de informação da ferramenta A para a ferramenta B, você precisa converter esses dados de origem no formato específico da aplicação de destino.
    • Exemplo: Uma transação aprovada na iugu precisa ser convertida em uma entrada do tipo conta a receber do Nibo.
  5. Validar os possíveis cenários desses fluxos.
    • Exemplo: Entender todas as variáveis existentes nas plataformas. E se o pagamento for negado ao invés de aprovado? E se o cliente não preencher todos os dados no momento da compra? Que informação não pode faltar na ferramenta de destino? O que pode ser opcional?
  6. Testar.
  7. Finalizar a integração e colocar em modo de produção.
  8. Ufa!

Espera! Não pára por aqui!

Depois de perder, aproximadamente, 2 meses desde o estudo das documentações até os últimos testes, seu responsável técnico ainda precisará ficar monitorando essa integração. Isso tudo para uma versão inicial.

Afinal, o seu desenvolvedor estará trabalhando em algo que não é a especialidade dele. Infelizmente, bugs e inconsistências irão acontecer e o tempo de correção desses problemas pode demorar até mais do que a própria implementação.

ferramentas de controle financeiro

Estimamos que uma versão robusta dessas integrações levem em torno de 2 meses.

Tempo: 352 horas.

Considerando uma jornada de 8 horas de trabalho em 44 dias úteis em dois meses (supondo que ele se dedique inteiramente à integração durante esse período).

Custo:  Salário do seu desenvolvedor.

Caso você tenha um desenvolvedor contratado esse valor deve variar de 6 à 10 mil reais.

Contrate um desenvolvedor

Caso não tenha um desenvolvedor na sua equipe ou não queira que ele pare de trabalhar no seu produto por um mês (ou mais) para realizar todas essas integrações, você pode contratar um desenvolvedor.

Mas ainda sim o seu cara de tecnologia vai precisar mapear os fluxos das informações e validar os possíveis cenários desses fluxos para especificar para o desenvolvedor ou software house que estiver disposta a realizar o trabalho.

E por fim tem o custo desse serviço: o salário de um desenvolvedor sênior em uma média empresa varia de 6 à 10 mil reais por mês (Fonte: Exame) e, provavelmente, esse será o custo que ele irá cobrar para realizar esse trabalho.

Tempo: 176 horas.

Por ser um profissional especializado nesse tipo de desenvolvimento, o tempo de integração é reduzido para 1 mês.

Custo:  até 10 mil reais.

Conecte suas ferramentas financeiras com a Pluga

Com a Pluga você conecta as ferramentas sem precisar escrever uma única linha de código. Assim você evita que o seu responsável de tecnologia perca um tempo precioso fazendo a integração e nem precisará gastar 10 mil reais em um contrato de serviço. Que é uma fortuna para uma micro e pequena empresa.

Utilizando a Pluga você fica a três passos de realizar esta integração e automatizar a sua gestão financeira.

1º Passo: Crie sua conta na Pluga

Basta acessar a Pluga e se cadastrar.

2º Passo: Selecione a integração

ferramentas de controle financeiro

3º Passo: Autenticar as ferramentas e finalizar a integração

ferramentas de controle financeiro

Tempo: Menos de 5 minutos.Consideramos o tempo que levamos desde a criação da conta até a finalização da integração. Se isolássemos só o momento da automatização seriam 2 minutos.

Custo:  R$119,00/mês no plano ilimitado.

Nesse plano você pode realizar quantas integrações a sua empresa precisar. Beeem mais em conta, né? 🙂

Além disso, contamos com suporte e materiais educacionais para tirar qualquer dúvida que você possa ter no caminho. Acreditamos que, ao empoderar os empreendedores com ferramentas simples e intuitivas, ajudamos não só eles como todo o ecossistema.

Além de ferramentas financeiras, a Pluga conta com integrações entre ferramentas web de outros segmentos, como formulários online, comunicação interna, email marketing e muito mais! Confira algumas delas:

You Might Also Like

close

PagSeguro, Moip, Mercado Pago...

Qual é o melhor para você?

Você não quer um meio de pagamento que cause dores de cabeça, certo?!

Esse infográfico é perfeito para que você: 

check
check
check

Identifique se está pagando muito nas taxas de cartão e boleto;

Compare as principais ferramentas de pagamento online do mercado;

Saiba qual delas pode te ajudar a faturar mais!

  • Seus dados estão seguros! Prometemos não te enviar spam.