Fluxo de e-mail marketing: como adotar e ter sucesso + ferramentas
Share on twitter
Share on linkedin
Share on facebook

Quando você faz uma compra em uma loja virtual é comum você receber um e-mail de confirmação de pagamento, seguido de atualizações sobre o envio da mercadoria para a transportadora, emissão da nota fiscal e status da entrega. Correto? Pois bem, esse é um exemplo clássico de fluxo de e-mail marketing.

No comércio eletrônico, o objetivo dessa estratégia é fazer com que o cliente se sinta seguro em relação ao processo de compra e estabelecer um bom relacionamento com o cliente.

Mas a criação de um fluxo de e-mail marketing não é uma estratégia exclusiva para e-commerces. A estratégia pode ser implementada por todas as empresas que desejam usar o e-mail como canal de comunicação e engajamento com seus clientes e leads.

Confira algumas vantagens de adotar o fluxo de e-mail marketing: 

  • Facilidade para a segmentação de clientes;
  • Personalização do conteúdo;
  • Aumento do engajamento do usuário;
  • Melhor experiência para o lead;
  • Apoio no avanço do contato pelas etapas do funil de vendas e
  • Ampliação das taxas de conversão.

Para usufruir desses benefícios, você precisa entender o que é, como criar e executar um fluxo de e-mail marketing. Vamos lá?

O que é fluxo de e-mail marketing? 

O fluxo de e-mail marketing é uma sequência de mensagens enviadas automaticamente pela empresa a um lead. Geralmente, é ativada por uma ação realizada pelo visitante – como baixar um ebook, responder a um formulário ou se cadastrar em uma newsletter. 

Esse comportamento ativa a ferramenta de automação de marketing e inicia o disparo dos e-mails que foram pré-programados no sistema.

O envio automático, quando bem-planejado, torna a comunicação mais personalizada. Isso acontece porque essas mensagens são adaptadas ao usuário de acordo com o seu perfil e comportamento.

Como trabalhar com e-mail marketing? 

Que tal um exemplo para que você possa visualizar o que estamos falando? 🧐

Considere uma empresa que comercialize um sistema de gestão de pessoas [vamos chamar essa empresa de Empresa A]. Para atrair potenciais clientes, ela elabora uma série de ações de marketing, como anúncios pagos, publicações em redes sociais e investe na produção de conteúdo.

Enquanto isso, em algum outro lugar, a Empresa B está com problemas no controle da folha de pagamentos. A pessoa responsável pela gestão da Empresa B, após algumas buscas, encontra a solução oferecida pela Empresa A e de bônus ganha uma planilha para controle de ponto.

Ao clicar para baixar a planilha, a Empresa B é direcionada a uma landing page onde deve fornecer alguns dados como: nome, e-mail, ramo de atuação e número de funcionários. Ao fazer isso, ele recebe a planilha e a Empresa A passa a ter o contato de um lead qualificado, que está com um problema que ela pode resolver – e pode iniciar o fluxo de e-mail marketing.

Para isso, dentro de uma ferramenta de automação, a equipe de marketing da Empresa A deve, previamente, cadastrar uma sequência de mensagens que serão enviadas sempre que um lead converter na landing page de controle de ponto.

Esse fluxo de conteúdo deve ser personalizado para a demanda do possível comprador. Afinal, se esta pessoa baixou uma planilha de controle de ponto, podemos supor que ela tem um problema relacionado a esse tema.

Logo, ao invés de enviar e-mails sobre RH estratégico ou indicadores de desempenho (que também são serviços do portfólio), a Empresa A direciona a comunicação para a dor apresentada pelo lead.

Confira alguns conteúdos que podem ser considerados para a criação da campanha de e-mail marketing:

  • Blog posts sobre o assunto;
  • Lista de principais erros que as empresas cometem ao controlar o ponto;
  • Dicas de como reduzir horas extras;
  • Infográfico com benefícios do uso da tecnologia na gestão de empresas e
  • Convite para um webinar com um especialista da área e mais.

Criação do fluxo de automação dentro da ferramenta

Todos os e-mails do fluxo de automação devem estar cadastrados na ferramenta que irá fazer o disparo das mensagens. 

A plataforma também permite que você defina o tempo entre um e-mail e outro. Legal, né?

Esse fluxo, contudo, pode ser ainda mais personalizado com a criação de ramificações que indicam ao sistema o que ele deve fazer de acordo com as diferentes respostas dos leads aos materiais enviados. 

Por exemplo, é possível definir que: um contato que recebeu o e-mail com um convite para o webinar, mas não se inscreveu. Então, deve receber um segundo e-mail após dois dias, reforçando o convite e informando que as inscrições estão acabando. 

Já o lead que abriu o primeiro e-mail e se inscreveu, recebe um agradecimento e um outro material, como, por exemplo, uma apostila para acompanhar o webinar.

A imagem abaixo apresenta um fluxo que pode ser criado dentro de uma ferramenta de automação.

fluxo de e-mail marketing
Fonte: Ramper Marketing (Lahar)

Quando você personaliza o fluxo de e-mail marketing de acordo com os interesses apresentados pelo lead, há uma melhora de indicadores importantes para a sua empresa, entre eles:

  • Taxa de abertura;
  • Taxa de clique;
  • Taxa de conversão e
  • ROI (retorno sobre investimento). 

Boas práticas na criação de campanhas de e-mail marketing

Agora que você já sabe que é possível estabelecer uma comunicação eficiente com os leads e oportunidades através da criação de um fluxo de e-mail marketing, chegou a hora de colocar a mão na massa.

Antes disso, é necessário que você visualize que o uso de e-mails automatizados em sua estratégia não depende apenas de uma boa ferramenta, mas também da compreensão mais ampla de quem é o seu cliente e do que ele precisa.

Confira 3 práticas fundamentais para a criação de campanhas de e-mail marketing 

1. Conheça a persona da empresa

O primeiro passo para buscar a personalização da comunicação é entender quem são os compradores da sua empresa. Para isso, crie as personas do negócio considerando informações como:

  • Idade; 
  • Gênero; 
  • Localização;
  • Renda;
  • Interesses;
  • Comportamentos; e
  • Dores e necessidades. 

A criação da persona da empresa é um aprofundamento do público-alvo e apresenta mais informações sobre os interesses desses compradores.

2. Considere as etapas da jornada de compra

Mesmo os leads alinhados às características da persona do seu negócio podem estar em fases diferentes da jornada de compra. Isso vai impactar o conteúdo que eles estão buscando e as dores que estão tentando resolver. 

Logo, também direciona o tipo de mensagem que gera engajamento e deve ser considerado na construção do fluxo de e-mail marketing. 

3. Monte um fluxo de e-mail marketing para cada canal de conversão

Uma forma simples de criar um fluxo de e-mail marketing é observar os pontos de conversão que transformam usuários em leads. 

Eles dizem muito sobre as necessidades atuais dos leads, e por isso funcionam como excelente ponto de partida da sua estratégia. 

Por exemplo: um lead que converteu em um anúncio do Facebook ou do TikTok provavelmente precisará conhecer melhor a sua empresa. Nesse caso, faz mais sentido entregar um fluxo de e-mails com links para artigos do blog, por exemplo.

Por outro lado, um lead que converteu em um formulário de dúvidas a partir da página de preços do seu site já é um lead bem mais aquecido. Para ele, possivelmente faz mais sentido enviar e-mails apresentando as soluções da sua empresa e casos de sucesso de outros clientes.

Logo, a dica é: crie um fluxo para cada canal de geração de leads. 

Ferramenta de automação de e-mail marketing: lista e integrações

Como dissemos ao longo deste artigo, uma ferramenta de automação de e-mail marketing é vital para que tudo o que apresentamos até aqui possa ser executado. 

Confira algumas plataformas para a criação do fluxo de e-mail marketing: 

Todas elas também podem ser integradas a outras ferramentas que você usa na sua empresa, como anúncios nas redes Google, Meta e TikTok, CRMs, planilhas e mais. Isso faz com que a gestão de leads seja ainda mais estratégica e eficiente. 

Conheça a Pluga e todas as integrações que desenvolvemos para facilitar a sua relação com seus clientes, leads e prospects. São mais de 80 ferramentas que podem ser integradas sem que você precise se preocupar com uma linha de código sequer. 

Acesse nosso site e entenda como fazer integrações incríveis para automatizar tarefas repetitivas e gerar mais produtividade e agilidade na comunicação.

 

Esse artigo foi útil para você? 😎
Média: 0 / 5

Você também pode gostar

Para que os processos de um projeto fluam, é fundamental que as pessoas que estão participando dele consigam se comunicar com facilidade. Com esse […]