Gestão Empresarial

A quarta revolução industrial chegou de vez. E você: quando vai se unir a indústria 4.0?

05/04/2018
A quarta revolução industrial

O que você acharia se visse o Bill Gates pedindo para os governos aumentarem os impostos sobre algumas tecnologias que ele próprio está desenvolvendo? 😲

A quarta revolução industrial envolve fatores tão críticos e modificações tão radicais que algo inimaginável como isso aconteceu recentemente.

Evidentemente Gates não é contra as inovações tecnológicas e toda produtividade que está surgindo com a quarta revolução industrial.

Ele só acha que esse processo deve ser feito com cautela, para que todos possam se preparar para a indústria 4.0, como está sendo chamada.

E você está preparado?

Saiba mais: Como a Internet das Coisas (IoT) vai mudar nossas vidas?

O que é a quarta revolução industrial, afinal?

A ideia da quarta revolução industrial foi amplamente discutida em um livro de Klaus Schwab, o criador do Fórum Econômico Mundial.

Siga o raciocínio dele:

Primeira Revolução Industrial:

Na primeira revolução industrial a energia a vapor criou o início da indústria como conhecemos hoje.

As estradas de ferro e os barcos a vapor surgiram, revolucionando os transportes e encurtando distâncias.

As pessoas começaram a conseguir empregos na indústria, aumentando a população das cidades.

Segunda Revolução Industrial:

Em meados dos anos 1800 a eletricidade tornou as indústrias muito mais produtivas, levando à produção em massa e ao abastecimento de grandes mercados consumidores.

Henry Ford cria a linha de produção e consegue vender até carros para as massas.

Terceira Revolução Industrial:

A tecnologia da informação encurtou ainda mais as distâncias, automatizou tarefas e trouxe um nível de produtividade nunca antes visto.

Os microchips e a internet são as grandes estrelas desse período.

Quarta Revolução Industrial:

A quarta revolução industrial une todos os avanços mais recentes da tecnologia, como a Inteligência Artificial, a Internet das Coisas e o Machine Learning, para criar máquinas que tomam decisões e agem sozinhas.

As máquinas passam a se comunicar entre si, aprendem com os próprios erros e evoluem seu entendimento, melhorando o processo de tomada de decisão.

Outra possibilidade intrigante é a máquina (seu computador, por exemplo) armazenar e analisar todos os dados de como você utiliza cada funcionalidade dele, que vai aprender a melhor maneira de usar cada uma delas e pode passar a fazer isso sozinho.

Imagine uma máquina que tem acesso a maneira como milhões de usuários de um determinado software o operam.

Rapidamente ela aprenderia a usá-lo melhor que qualquer um.

Por que essa máquina (ou software) não poderia operar um trator ou um outro equipamento na indústria?

Na verdade, o objetivo da automação dessas tarefas é substituir trabalhos humanos perigosos, chatos, repetitivos e insalubres.

Confira mais das opiniões de Schwab e outros especialistas sobre a quarta revolução industrial neste vídeo (em inglês):

Veja também: As fantásticas fábricas de Startups: onde fica o Vale do Silício Brasileiro?

Pesquisas mostram como a indústria está se preparando para a quarta revolução industrial

Máquinas podem ser criativas? Podem desenvolver inteligência emocional?

Parece que não.

Ao menos é o que indica uma pesquisa realizada pelo Fórum Econômico Mundial.

Em poucos anos as competências mais desejadas pelas empresas estão se tornando mais “humanas”.

Veja este gráfico:

A quarta revolução industrial

Criatividade, que antes estava em décimo lugar, agora está no terceiro posto.

E inteligência emocional, que nem estava na lista, agora é a sexta competência desejada.

Isso mostra que a quarta revolução industrial veio sim para substituir algumas tarefas (e empregos) humanos, mas não aqueles aos quais, geralmente, a maioria de nós mais gosta de se dedicar.

Boa notícia, não acha?

Além disso, um pesquisa da Deloitte sobre como as empresas estão se preparando para a quarta revolução industrial mostrou resultados bastante otimistas.

87% das empresas acreditam que a quarta revolução industrial promete um cenário de mais estabilidade e igualdade no mundo.

Por outro lado, a mesma pesquisa revelou que 43% das empresas têm dificuldade em definir que estratégias de adoção de novas tecnologias devem empregar.

Quer conhecer esses resultados da pesquisa ainda melhor?

Acompanhe este vídeo produzido pela revista Forbes:

Sua empresa já está automatizando tarefas?

Talvez você ainda não esteja precisando usar robôs para tomar decisões (na verdade, isso ainda é embrionário na maioria das empresas que se dedicam a essa tecnologia), mas e tarefas repetitivas, você já automatiza?

Emitir notas fiscais, preencher linhas em planilhas, criar listas de e-mails, classificar leads e clientes em ferramentas de CRM e automação de marketing são algumas das tarefas que podem ser feitas automaticamente, sem a necessidade de desperdiçar o tempo precioso de sua equipe.

A Pluga é especializada em criar esse tipo de automatização de tarefas, integrando as diferentes ferramentas que você já usa em seu dia a dia.

E o melhor de tudo: as soluções já estão prontas para suar e você não leva nem dois minutos para integrá-las.

Confira algumas das nossas automatizações:

You Might Also Like

  • Gabriel Souza

    Ótimo post. Deixando só uma análise, a quarta revolução industrial já aconteceu, com os avanços constantes das tecnologias. Assim, diversas ferramentas surgiram e uma das principais, foi a possibilidade de automatizar a industria. Logo as informações foram compartilhadas em um ritmo maior, mais veloz e mais eficientes. Hoje em dia é possível acompanhar o desempenho de toda sua operação industrial à distância, avaliando se tudo está ok e diminuindo o desperdício de tempo de supervisão e manutenção dos mesmos.
    Empresas/Indústrias que não investirem em automação, infelizmente não se manterão competitivas no mercado.

close

Odeio tarefas manuais!

Compilei 11 dicas dos empreendedores mais eficazes do mundo para melhorar minha produtividade. Quer ver?

Receba durante 11 dias dicas incríveis que irão te ajudar a:

check
check
check

Melhorar a sua produtividade;

Ter mais tempo para curtir a vida (e não surtar);

Revolucionar sua forma de trabalhar!

  • Seus dados estão seguros! Prometemos não te enviar spam.