Gestão Empresarial

Conheça os tipos de planejamento organizacional

01/06/2016
Tipos de planejamento organizacional

Está sem tempo de ler agora? Que tal ouvir o artigo? Experimente no player abaixo!

Fica difícil estabelecer qualquer meta de crescimento para uma empresa quando um bom planejamento organizacional não é elaborado. É como sair para viajar sem saber onde quer chegar e nem como chegar. E mesmo que se chegue a algum lugar, os gastos e tempo utilizado poderiam ter sido bem menores com um pouco de planejamento e organização.

O planejamento é o pilar do sucesso de toda empresa, não importando se for uma pequena, média ou grande organização, é preciso saber exatamente ‘onde, como, porque, quando e quanto’ os objetivos estabelecidos serão alcançados, otimizando os recursos e tornando as ações mais eficientes e eficazes quanto a sua aplicabilidade.

Mas um bom planejamento envolve três níveis e se diferenciam em relação:

  • As decisões;
  • Horizonte temporal;
  • Especificidade;
  • Efeitos.

Vejamos  cada dos tipos de planejamento organizacional e qual a importância em estabelecê-los adequadamente para uma melhor eficiência produtiva. Acompanhe!

Planejamento estratégico

Como o próprio nome sugere, o planejamento estratégico é aquele que estabelece as estratégias de longo prazo da empresa. É através dele que gestores podem saber exatamente o que se quer e qual a direção a ser seguida. Aqui vale aquele velho ditado ‘para quem não sabe onde quer ir, qualquer caminho serve’.

O planejamento estratégico leva em consideração três itens importantes:

  • Missão: Qual o propósito da empresa;
  • Visão: O que se deseja atingir no futuro;
  • Valores: Qual comportamento esperado e desejado pelos envolvidos na execução das atividades.

No processo de elaboração do planejamento estratégico é fundamental que os gestores do topo participem, dado o nível de decisões que é necessário tomar.

De forma geral é através do planejamento estratégico que gestores poderão estabelecer um rumo direcionado a conquistar os objetivos estabelecidos, com o propósito de obter o nível máximo de otimização entre as relações da empresa e o meio onde está inserida.

Sendo um planejamento que visa ações de longo prazo, é preciso que as estratégias estejam sendo continuamente monitoradas e acompanhadas, de forma que os recursos envolvidos sejam utilizados da melhor forma possível. Além disso, gestores precisam estar abertos a mudanças e inovações durante todo o ciclo do planejamento estratégico, uma vez que melhorias podem exigir mudanças de planos e deverão ser aplicadas.

Entre as perguntas iniciais  no planejamento estratégico se destacam:

  • Quem somos?
  • O que a empresa faz?
  • Onde quer chegar?
  • Qual o posicionamento da empresa?

Planejamento tático

O planejamento tático é algo mais direcionado e geralmente é projetado a curto prazo. De forma geral é ele que viabiliza que as ações do planejamento estratégico sejam executadas dentro de cada setor da empresa.

Desta forma, ao contrário do planejamento estratégico que visa a organização como um todo, o planejamento tático oferece para cada setor específico seus próprios objetivos, que pode variar desde otimizar determinado resultado até utilizar de forma mais eficiente os recursos disponíveis.

Via de regra, ao direcionar ações específicas, uma vez que desdobra os objetivos institucionais em objetivos departamentais, o planejamento tático possibilita conhecer aqueles setores que apresentam melhores desempenhos ou mesmo aqueles que não atingem as metas estabelecidas, o que facilita no estabelecimento de estratégias e propostas de melhorias específicas, mas que visem o alcance dos melhores resultados como um todo.

O gestor pode se perguntar ao elaborar o planejamento tático:

  • O que fazer?
  • Vai funcionar?
  • Quando será feito?

Planejamento operacional

Geralmente são elaborados para períodos mais curtos, de três a seis meses, e são bem mais específicos que os outros tipos de planejamento anterior. De maneira geral, o planejamento operacional detalha métodos, processos e sistemas especificando as pessoas envolvidas cada uma de suas responsabilidade, atividades, funções e a divisão das tarefas, além dos recursos necessários para serem colocados em prática.

O produto final de um bom planejamento operacional são cronogramas de atividades e planos de ação que precisam ser executadas dentro de um período pré-estabelecido.

Alguns questionamentos o gestor pode se fazer na hora de estabelecer o planejamento estratégico:

  • Como fazer?
  • Quem vai fazer?
  • Em que prazo?
  • Quais ferramentas serão utilizadas?
  • Quanto de recursos precisará?

Gostou do nosso post? Quer saber mais? Leia ‘Acabe com a baixa produtividade da sua equipe com essas 5 dicas’

You Might Also Like

close

Odeio tarefas manuais!

Compilei 11 dicas dos empreendedores mais eficazes do mundo para melhorar minha produtividade. Quer ver?

Receba durante 11 dias dicas incríveis que irão te ajudar a:

check
check
check

Melhorar a sua produtividade;

Ter mais tempo para curtir a vida (e não surtar);

Revolucionar sua forma de trabalhar!

  • Seus dados estão seguros! Prometemos não te enviar spam.