Gestão Empresarial

Definição de gestão empresarial: otimizar recursos para alcançar os melhores resultados

01/10/2019
Definição de gestão empresarial

A definição de gestão empresarial pode variar bastante, mas, no fundo, o resultado esperado é sempre o mesmo: trazer mais lucro para um negócio, de forma sustentável, garantindo o crescimento da empresa.

E essa tarefa não é fácil! Mas, afinal, o que faz um gestor empresarial assim de tão complexo?

Neste post, além de conhecer a definição de gestão empresarial, trouxemos 5 dicas de ferramentas que vão te ajudar muito na gestão do seu negócio, cada uma delas cumprindo uma função específica.

Saiba mais: Você sabe o que é gestão empresarial? Descubra tudo e aplique em seu negócio

Definição de gestão empresarial

Não é difícil entender a definição de gestão empresarial.

Veja esta:

A gestão empresarial é uma atividade complexa que envolve a utilização ótima dos recursos da empresa; o acompanhamento, controle e melhoria dos processos; a contratação, capacitação e motivação das pessoas e a manutenção da capacidade de investimento e da saúde financeira do negócio, tudo isso para atender às necessidades de seus clientes de forma superior à concorrência, garantindo assim uma vantagem competitiva que leve à lucratividade e a geração de valor de forma sustentável.

Ufa! Comprido isso, não? A definição de gestão empresarial, como você viu, engloba uma grande diversidade de atividades inter-relacionadas.

É realmente muita coisa para se fazer!

É por isso que se você puder contar com alguns softwares de gestão e, além disso, integrá-los entre si, o gerenciamento de seu negócio ficará muito mais fácil.

Portanto, agora que você já conhece a definição de gestão empresarial, é hora de conhecer algumas ferramentas que vão ajudá-lo nessa tarefa.

Leia também: As principais ferramentas de gestão empresarial que você pode usar sem um computador

1- Trello: Gestão de processos, equipes e projetos

Uma ferramenta de gestão bastante versátil, o Trello pode ser usado para gerenciar processos de negócios, comandar equipes de forma colaborativa e tocar projetos.

Tudo isso graças à sua metodologia Kanban, digitalizada na forma de quadros de listas de tarefas detalhadas em cartões onde podem ser definidas datas de entregas, checklists de atividades, responsabilidades, anexar arquivos e muito mais.

Entenda isso melhor assistindo a este webinar do Trello:

Veja também: Tutorial do Trello: guia ilustrado com passo a passo detalhado

2- HEFLO: Automatização de processos

Criar processos nem sempre é fácil. E automatizá-los, de ponta a ponta, menos ainda.

Nesse contexto, HEFLO é uma ferramenta BPM low code, isto é: um software para mapeamento, automatização e gestão de processos de negócios (Business Process Management – BPM) que usa uma interface intuitiva.

Assim, mesmo quem não entende nada de códigos pode automatizar processos de negócios com muita facilidade, usando uma ferramenta do tipo arrasta e solta.

Confira este vídeo em que o CEO do HEFLO dá uma aula de como automatizar processos de negócios:

3- STRATWs One: acompanhamento de KPI

Fazer o controle e monitoramento de um negócio é uma das mais importantes atividades da gestão empresarial.

Para isso, depois de definir indicadores-chave de desempenho (KPI – Key Performance Indicators, em inglês), o gestor da empresa deve monitorá-los para saber se  seus processos estão atingindo os resultados esperados.

Caso não estejam, é possível tomar as providências necessárias para melhorá-los.

Além disso, contando com painéis de controle para acompanhar seus KPIs, o gestor terá melhores condições de planejar estrategicamente a empresa, reagir a ameaças e tomar decisões.

O STRATWs One é um software de acompanhamento de performance empresarial brasileiro, que oferece tudo isso, além de outras funcionalidades.

Confira este vídeo e veja como ele funciona:

4- ContaAzul: ERP

ERP significa Enterprise Resource Planning, algo como Planejamento dos Recursos do Negócio.

Trata-se de um software que integra as informações de todas as áreas da empresa, com o objetivo de tornar essas informações transparentes e acessíveis a todos, sem “silos” corporativos. Cria-se, assim, uma “única fonte da verdade”.

Dessa forma consegue-se uma gestão empresarial mais ágil e assertiva. A tomada de decisão ganha mais qualidade e confiabilidade, porque a quantidade de informações é maior e acessível rapidamente.

Confira o vídeo e entenda como funciona o ContaAzul:

5- Pluga: integração de ferramentas com automatização

Já pensou poder contar com diversas ferramentas, como algumas das citadas acima, todas integradas e trocando informações entre si?

Por exemplo: toda vez que fizesse o cadastramento de um novo cliente em seu ERP, automaticamente ele também fosse cadastrado em seu disparador de e-mails ou em seu CRM?

A Pluga conta com mais de 50 ferramentas online integradas em seu portfólio.

Por meio dessas integrações é possível automatizar tarefas repetitivas. Assim, sua equipe ganha mais tempo para trabalhar em outros projetos mais estratégicos, além de reduzir consideravelmente erros cometidos quando a atividades não eram automatizadas.

A gente também tem um vídeo para te mostrar:

E sabe qual é o melhor? Não precisa desenvolver uma única linha de código para usar a Pluga. Assista ao vídeo abaixo e veja como é simples criar a sua primeira automatização.

Confira em nosso blog: Como automatizar tarefas repetitivas em menos de 2 minutos

Quer conhecer mais algumas das automatizações prontas para usar da Pluga? Não leva nem 2 minutinhos para estar contando com elas:


Esse artigo foi útil para você? 😎
Média: 0 / 5

Você também deve gostar de