Gestão Empresarial

Você sabe o que é automação de processos e como ela pode deixar sua empresa mais produtiva?

02/08/2018
o que é automação

Quando se trata em automação, muita gente pensa que estamos falando de robôs humanoides 🤖 substituindo pessoas em suas tarefas diárias.

Outras, não associam com robôs, mas com a substituição do trabalho humano por softwares ou máquinas.

Na verdade, para entender o que é automação, um terceiro elemento dever levado em conta: a informação!

A definição de automação deve incluir também a capacidade de coletar informações e dados, para analisar os resultados dos processos automatizados e, com isso, ter informações confiáveis e atualizadas para tomar decisões e também promover a melhoria contínua.

Neste post, você entender melhor o que é automatização, como usar em seu negócio de forma simples e prática e ainda conferir 4 exemplos.

Saiba mais: Automatizar processos, veja como a Pluga pode te ajudar!

O que é automação de processos, afinal?

Entenda definitivamente o que é automação de processos por meio desta definição:

Automação de processos é um conjunto de práticas que visa diminuir atrasos, gargalos e falhas nos processos por meio de sua racionalização, integração de sistemas, substituição de tarefas manuais por automatizadas, além da coleta e organização de todas as informações necessárias para seu gerenciamento e melhoria contínua.

Pronto! Agora ficou claro para você o que é automação?

Como você viu, a definição de automação não inclui necessariamente robôs perambulando pelo seu negócio.

Trouxemos 4 exemplos bastante usados nas empresas para que você tenha certeza que sabe o que é automatização.

1- Automação industrial

Tem robôs? Sim, pode ter, como aqueles que fazem soldas em linhas de produção de automóveis.

Mas repetimos: o mais importante não é substituir gente por máquinas, mas coletar dados e informações, além de diminuir falhas no processo.

Existem softwares especializados em automação de empresas e de gestão de processos de negócios (BPM), alguns deles chamados de Low Code BPM, porque contam com interfaces intuitivas e muito fáceis de serem usadas.

Veja mais: Revolucione sua operação com um software de automação

2- Automação comercial

O cliente passa no caixa para pagar por sua compra e tanto é dada baixa dos produtos no estoque quanto lançamentos são feitos em seu programa de gestão financeira empresarial.

Da mesma forma, se o cliente se identificar devido a um programa de fidelidade, seu CRM é alimentado com os hábitos de compra do cliente.

E não para por aí! Em um restaurante, os pedidos podem ser feitos através de um tablet ou mesmo do smartphone, pelo garçom, e a cozinha já é acionada.

Além disso, os produtos que vãos ser usados no preparo dos pratos (usando-se uma média) também podem ser contabilizados e assinalada sua saída do estoque; e até um alerta de compra será emitido para o responsável.

Automação comercial é isso: processos ágeis, com menos falhas e muita informação para gerenciar o negócio!

3- Automação de marketing

Ferramentas de automação de marketing fazem muito mais que disparar e-mails automaticamente.

Na verdade, elas ajudam a captar leads por meio de landing pages onde eles preenchem formulários para baixar materiais ricos, como e-books e infográficos.

E por meio de toda uma inteligência de negócios, essas ferramentas analisam o comportamento de seus cliente em blogs e mídias sociais para direcionar os conteúdos dos e-mails mais adequados para cada cliente, ajudando a convencê-los da qualidade das soluções que sua empresa vende e qualificando esses leads para serem enviados para a equipe de vendas.

Leia mais: Procurando o melhor serviço de email marketing? Só testando seus trials, mas a gente passa algumas dicas

4- Automação de tarefas

Quantas obrigações chatas e repetitivas você tem que fazer em seu dia a dia de trabalho?

Por exemplo: você preenche planilhas financeiras ou de cadastro de clientes?

Ou tem que emitir notas fiscais toda vez que uma venda é aprovada em seu meio de pagamento em um e-commerce?

Agora que você entendeu o conceito de automação, deve estar se perguntando: – Será que não tem uma maneira de fazer isso automaticamente, sem que eu tenha que perder tempo com essas coisas?

Pois saiba que você acertou em cheio! 🎯

Quem usa ferramentas na nuvem, como softwares de CRM, automação de marketing, gestão financeira, gerenciamento de projetos, planilhas e tantos outros, pode integrá-los entre si.

Com o uso de APIs (protocolos da internet que permitem que essas ferramentas troquem dados e informações) você pode fazer com que uma ação executada em uma ferramenta, automaticamente gere outra ação, em outra ferramenta.

Por exemplo: toda vez que uma compra é aprovada em seu e-commerce, a automatização já emite a nota em seu sistema de emissão de notas fiscais.

E esse é apenas um exemplo, de centenas de automatizações que a Pluga tem a sua disposição.

Veja mais algumas delas, que você pode ativar em menos de 2 minutos, sem precisar entender nada de programação ou linhas de código:

You Might Also Like