Marketing

Como fazer a gestão da lista do seu e-mail marketing?

31/10/2016
Email Marketing

Um dos bens mais valiosos de uma empresa é a sua lista de e-mail marketing. A partir dela, a empresa tem informações não apenas de endereços eletrônicos, mas de contatos de clientes, prospects e pessoas que podem vir a se tornar ótimos consumidores do seu negócio.

Só que, para conseguir bons resultados nas suas ações, é preciso fazer uma gestão de e-mail bastante eficiente. Quer saber como? Então continue a leitura deste post!

O retorno do e-mail marketing

Um relatório divulgado pela Direct Marketing Association (DMA) apontou que o retorno de investimento por meio desse formato de campanha é de, em média 4000% (isso mesmo, 4 mil, não colocamos um zero a mais!). Isso quer dizer que ele supera as mídias sociais, o SEM (Search Engine Marketing) e displays.

“Mas como que tanta gente ainda é contra essa maravilha?”, você pode estar se perguntando. A resposta é simples: não basta mandar mensagens eletrônicas, é preciso cuidar (muito bem!) do seu mailing.

A importância da faxina e da organização na sua lista de e-mail

Quem pensa que faxinar e organizar serve apenas para ambientes está bastante enganado. Na verdade, esses verbos de ação são perfeitos para o seu e-mail marketing.

As listas de e-mail são uma das bases para a garantia de retorno das suas campanhas. Afinal, listas incompletas e desatualizadas acabam influenciando os resultados, seja nos bounces (o e-mail enviado que volta por não conseguir chegar ao destinatário), ou mesmo na taxa de abertura (mandando e-mail para quem não tem interesse).

O que levar em consideração ao fazer a gestão da sua lista de e-mail marketing

A pergunta aqui é: como fazer a gestão da lista de e-mail para garantir pelo menos uma parcela dos 4.000% de ROI (Return on Investment)? Separamos algumas ações para te ajudar nessa tarefa. Confira!

Atualizar contatos da base

Se você tem uma boa base de clientes, que tal fazer dela também uma boa lista de e-mail marketing? Atualize periodicamente os contatos para garantir que eles continuem a receber seu material. Essa também pode ser uma ótima chance para conquistar possíveis clientes para sua base.

Excluir contatos antigos

Não esqueça também de excluir da sua lista aqueles e-mails que não te interessam. Se você já enviou mais de vinte campanhas e a pessoa não abriu nenhuma, a única coisa que ela está fazendo é diminuir a sua taxa de abertura. Faça uma ação específica para tentar fisgar esses contatos, mas, se não tiver retorno, nada de pena: exclua.

Incluir contatos novos

Use um campo de inscrição no seu site, aproveite a inscrição na newsletter nos CTAs das postagens em blogs e pense em outras formas de conquistar e-mails de mais pessoas. Amplie sua base para conseguir mais leads e fechar mais vendas. Um detalhe: não esqueça de qualificá-los!

Segmentar

Uma boa lista é aquela que tem segmentos. Você pode separar por interesses, linhas de produtos/marcas, clientes, prospects… Defina de acordo com o seu negócio e com os seus objetivos de marketing. Assim, você só envia aquilo que é interessante para a sua base de contatos.

Usar uma boa ferramenta de disparo

De nada adianta fazer todo esse trabalho se você não conta com uma boa plataforma de disparo. Pesquise e invista naquela que te oferece o melhor custo/benefício.

Agora você pode perceber que uma ferramenta para fazer a gestão da lista de e-mail marketing é, sim, uma ótima ideia. Mas, se ainda ficou com alguma dúvida ou tem alguma experiência para dividir, nada de timidez: deixe um comentário!

Você também deve gostar de