Marketing

Passo a passo para criar uma lista de email marketing

04/06/2019
criar uma lista de email marketing

Quando criamos uma lista de email marketing 📧 é muito importante que esses contatos tenham dado alguma forma de permissão 👍 para receber as mensagens.

Além disso, é preciso que já conheçam sua empresa e, de alguma forma, tenham se interessado por seus produtos ou serviços.

Assim, quando esses leads recebem seu email, reconhecem o remetente. Dessa forma, a possibilidade de abrirem a mensagem e lerem o conteúdo é muito maior.

De outro modo, as mensagens podem ser simplesmente apagadas sem serem lidas ou, pior, marcadas como SPAM. 🚫

Quando se usa o marketing de conteúdo para criar uma lista de email marketing, as pessoas entregam suas informações de contato espontaneamente, em troca de um material rico, como um e-book, um infográfico, uma planilha para gerenciar sua empresa ou um webinar ao vivo, por exemplo.

Quer descobrir como fazer isso?

Então, siga o nosso passo a passo.

Saiba mais: O que é automação de email marketing: 3 razões para aplicar a tática

Como criar uma lista de email marketing em 7 passos

1- Descubra o que seu público-alvo mais procura no Google

Existem diversas ferramentas de marketing digital que podem ajudar você a descobrir quais as palavras-chave mais usadas por seu público-alvo em buscas na internet.

Há a opção gratuita do Google Analytics e também ferramentas pagas, como o Semrush e o Moz.

2- Crie um blog com conteúdos relevantes baseados nesses temas

Agora que você já sabe o que pessoas com o perfil de clientes ideias para seu negócio procuram na internet, você precisa achar temas, dentre essas palavras-chave, que se relacionam com seu negócio e as soluções que oferece.

Mas preste muita atenção: não faça propaganda de seus produtos ou serviços!

Esses post de seu blog devem esclarecer dúvidas e necessidades de seus clientes. São artigos informativos e do interesse deles. O conteúdo deve ser relevante para informá-los e ajudá-los a resolver problemas.

Dessa forma, quando acessarem seu blog, esses leads vão se interessar pelo assunto e ler o conteúdo. Sua empresa passa a ser conhecida deles. E, assim, se abre uma porta para o início de um relacionamento com esses clientes.

3- Desenvolva materiais ricos, aprofundando esses assuntos

Mas não basta fazer os leads lerem o conteúdo do seu blog. O objetivo é criar uma lista de email marketing.

Para isso, é preciso estimular esses usuários a deixarem seus dados de contato, como nome e email.

Nesse sentido, você deve criar os chamados materiais ricos. São conteúdos ainda mais profundos sobre os temas de interesse de seu público-alvo.

Como dissemos, pode ser um e-book, uma planilha, um infográfico etc.

O importante é que seja relevante o suficiente para que o visitante de seu blog deixe seu contato em troca desse material.

4- Crie um CTA (Call to Action) para que as pessoas baixem esses materiais

Para que fique bem claro e visível para o leitor de seu blog que existe um material disponível para ele baixar, são criados os chamados CTAs. Call to Action, do inglês, que significa “chamada para ação”.

Esses pequenos banner em seu blog devem ser chamativos, mas sem exageros, e deixar claro qual o benefício que a pessoa terá ao clicar nele para ter acesso ao material rico.

5- Construa uma landing page com um formulário para captar os dados dos leads

Ao clicar no CTA, o visitante de seu blog é direcionada para uma landing page. Essa página de captura de leads conta com mais algumas frases para estimular o futuro lead a baixar o conteúdo e um formulário com alguns campos para serem preenchidos.

Um formulário com poucos campos, como email e nome, tem mais chances de ser completado.

Porém, um formulário com mais perguntas, pode ajudar a qualificar o lead para se saber se ele realmente interessa ao seu negócio.

Dependendo de sua estratégia para cada material rico criado, diferentes tipos de formulários devem ser usados.

6- Envie um email de agradecimento

Se assim que o lead preencher o formulário você enviar um email de agradecimento para ele, você estará reforçando o relacionamento com ele. Além disso, como ele acabou de baixar o material, dificilmente vai deixar de abrir esse email.

Além do agradecimento, inclua um link para o lead baixar o material quantas vezes quiser.

7- Faça a qualificação dos leads antes de criar a lista de email marketing

Não colete todos esses leads e envie automaticamente emails para eles. Antes disso, verifique se realmente tem potencial para serem clientes.

Uma boa qualificação de leads pode ser auxiliada por um formulário mais completo.

DICA EXTRA: Como criar um email marketing

Agora que você já sabe como criar uma lista de email marketing, veja estas dicas da NFe.io sobre como criar o seu email para usar em sua estratégia de marketing digital:

criar uma lista de email marketing

Como gerenciar tudo isso?

Ferramentas de automação de marketing foram criadas para ajudar você a achar as palavras-chave; analisar o comportamento de seus leads ao lerem seu blog e abrirem emails; criar landing pages e disparar listas de email marketing segmentadas com os conteúdos certos para os clientes certos.

Assim, boa parte das etapas descritas acima são efetuadas com muito mais facilidade e resultados mais claros. Tudo fica registrado e é possível analisar a performance das ações e melhorar cada vez mais.

Conheça algumas das melhores ferramentas de automação de marketing, analisadas neste posts do blog da Pluga:

Leia também: Automação de email marketing: uma das mais efetivas ferramentas para conquistar clientes

You Might Also Like

close

Você sabe o que não pode faltar em uma campanha de e-mail marketing?

Preparamos um  Checklist Completo  para te auxiliar a enviar as campanhas de e-mail marketing. Ele é perfeito para quem:

check
check
check

Quer ter uma taxa de abertura superior a 30% {ou mais, dependendo do mercado};

Deseja aumentar as taxas de cliques e não sabe o que pode fazer para inovar;

E muito mais!

  • Seus dados estão seguros! Prometemos não te enviar spam.