Marketing

Tipos de agência de marketing: que tal escolher o tipo lucrativo?

05/10/2017
tipos de agência de marketing

Foco é uma palavra muito repetida, principalmente em negócios, dessas que até perdeu a força, de tanto que é usada. Por isso, vamos empregar uma metáfora para você relembrar este conceito devidamente:

Uma lente de aumento concentra a luz solar e sua energia em um único ponto, e é esse foco de luz que causa aquele efeito capaz até de pôr fogo em um papel.

Da mesma forma, concentrar suas forças como agência naquilo que você sabe fazer melhor, é a chave para o seu sucesso. De todos os tipos de agências de marketing que existem, escolha um: o tipo de agência que você quer ser.

Saiba mais: Os 5 principais motivos que levam uma agência à falência

Antes de escolher seu tipo de agência de marketing, escolha seu tipo de estratégia

Antes de entrarmos nos tipos de agência de marketing, é interessante recordar uma lição de empreendedorismo que fala sobre as 3 estratégias de planejamento que uma empresa pode adotar, definidas pelo professor Michael Porter, de Harvard:

  1. Liderança em custos: a empresa consegue entregar seu produto ou serviço com um preço abaixo da concorrência. O problema é que há uma luta constante para manter esta posição, além de uma eterna guerra de preços.
  2. Diferenciação: sua empresa escolhe um benefício valorizado pelos clientes e se torna a melhor do mercado em fazer isso. É preciso estar sempre inovando e manter uma estrutura grande, pois o benefício escolhido deve atender a uma fatia grande do mercado.
  3. Foco: neste caso, o objetivo é se dedicar a um segmento menor do mercado (com menos concorrentes), conhecê-lo muito bem e tentar usar a estratégia de custos ou de diferenciação.

No caso de agências, a estratégia que melhor parece trazer resultados é o foco com diferenciação. Esta estratégia permite diminuir a concorrência e ajuda você a se concentrar no que sabe fazer melhor.

Mas como escolher, dentre os tipos de agências de marketing, qual é a ideal para você? Responda 2 perguntas.

2 perguntas para ajudar a escolher um dos tipos de agência de marketing

1- Que nicho de mercado conhecemos melhor?

Responder a primeira pergunta pode ser um desafio, porque tendemos a achar que vamos perder clientes, mas pense ao contrário: você vai se livrar de muitos concorrentes.

Além disso, trata-se de uma estratégia de prospecção de novos clientes, de definição de um perfil ideal para sua agência. A vantagem aqui é que você vai evitar brigar com as grandes agências que abraçam o mercado como um todo, oferecem um serviço de qualidade, mas, na maioria das vezes, deixam de lado empresas menores e certos segmentos específicos, menos lucrativos para o porte delas.

Alguns exemplos típicos são as agências focadas são healthcare, comunicação interna, eventos e até escolas.

Outra maneira de definir seu nicho é pelo porte. Pequenas e médias empresas são clientes que precisam de um serviço de qualidade e ágil, com um atendimento próximo que as grandes agências não podem dar.

2- O que sabemos fazer muito bem?

Definido um mercado para atacar, não parta para cima dele com um leque gigante de serviços. Foco! O que você sabe fazer melhor? Design de sites? Marketing de Conteúdo? Vendas?

Por exemplo: Se a sua praia é a criação do design de sites e blogs, não aceite um job para criar conteúdo para o blog daquele cliente que está supersatisfeito com a usabilidade que você deu ao site dele.

Se você não é expert nesse assunto, a qualidade da entrega pode destruir o relacionamento com esse cliente.

Além disso, se você tem foco, não precisa de uma estrutura enorme e nem de um time muito grande de profissionais de diversas áreas.

Confira alguns tipos de agência de marketing:

Agência de vendas

Se o foco de um de seus clientes é construir casas, por exemplo, pode ser que não tenha ninguém nessa empresa bom de vendas, técnicas de prospecção, negociação e fechamento de negócios.

É aí que entra a terceirização da força de vendas, oferecida pelas chamadas “agências sales”, principalmente na modalidade de inside sales, em que se usam e-mails, telefonemas e até videoconferência, no lugar de visitas presenciais.

Agências de design

Aqui o foco é o visual, tanto no que se refere a estática, quanto a atratividade e usabilidade. Seus clientes podem ser outras agências ou empresas, que precisam do design ideal para seus sites, e-books, blogs, infográficos e diversos outros materiais.

Agências de criação de conteúdo

Muitas agências têm sua especialidade na redação e não no design. Inclusive, podem selar parcerias com o tipo de agência de marketing que acabamos de citar acima, para oferecerem um serviço mais completo.

Posts para blogs e mídias sociais costumam gerar o maior volume de produção, mas e-books, white papers e os textos para infográficos são produtos que podem ter uma margem maior.

Agências para gerenciamento de mídias sociais

Sim, existem tipos de agência de marketing que só fazem isso: criam toda estratégia das mídias sociais de uma empresa, seu tom de voz, tipo de conteúdo a ser desenvolvido, linha criativa, monitoramento de resultados, respostas aos usuários, gerenciamento de crises e até SAC 2.0, quando o atendimento ao cliente é feito nas próprias plataformas sociais.

Agências de desenvolvimento

A parte de programação de sites, blogs, e-commerce e aplicativos, principalmente com capacidade de operarem sem problemas nas diversas plataformas e dispositivos móveis, é uma especialidade que, com certeza, será muito beneficiada pelo foco em tecnologia.

Agências para campanhas online

Google Adwords, Rede de Display, Facebook Ads, anúncios no YouTube. Esta é outra modalidade de serviços que pode ser o foco de sua agência.

Agência de SEO

Esta técnica é tão específica que existem empresa focadas exclusivamente em escolher as palavras-chave certas que devem estar presentes em seu site e blog. Agências parceiras de design e conteúdo desenvolvem os textos e demais materiais necessários para colocar as palavras-chave e o site dos clientes em evidência, conforme as estratégias definidas pela agência de SEO.

Como você viu, são diversos tipos de agências de marketing e, muitas delas, trabalham de forma colaborativa, indicando clientes umas para as outras.

Dessa forma, em vez de uma grande quantidade de concorrentes em diversas áreas do marketing (algumas delas que você não domina muito bem), você terá parceiros que indicarão seus serviços para complementar os deles, aumentando seu número de clientes e entregando um trabalho de alta qualidade, dentro do seu nicho específico de mercado.

E aí, qual desses tipos de agência de marketing você quer ser?

Você também deve gostar de