Melhor plataforma para dropshipping? 7 opções e como escolher a sua

melhor plataforma para dropshipping
Mariana Grojsgold

Product Marketing

Criar um e-commerce no modelo dropshipping exige que você tenha um sistema de controle eficiente ao seu lado. Assim, fica mais simples o contato com fornecedores, a mineração de produtos, o cadastro de mercadorias e todos os demais processos envolvidos na gestão da loja virtual. 

Logo, saber qual é a melhor plataforma para dropshipping é indispensável para dar os primeiros passos e avançar com segurança.Para a escolha ser a mais acertada, é muito importante que você conheça as principais opções do mercado e os prós e contras de cada uma. 

Pensando nisso, te apresentaremos alternativas de ferramentas para a criação da loja de dropshipping grátis. 

Ativamos sua curiosidade, né?😅 Então continue lendo e escolha a melhor opção para o seu negócio.

Qual é a melhor plataforma para dropshipping? TOP 7

Na lista de melhores plataformas para dropshipping, estão:

  1. Shopify;
  2. Nuvemshop;
  3. Woocommerce;
  4. Yampi;
  5. Wix;
  6. Dropshipping em Marketplaces;
  7. Loja Integrada.

Abaixo, vamos detalhar as principais informações sobre cada sistema. Assim, você poderá conhecê-los mais de perto e escolher a opção ideal para o seu negócio.

1. Shopify

Essa é uma das ferramentas mais conhecidas quando falamos das melhores plataformas para dropshipping. Contudo, ainda existem muitas dúvidas sobre como funciona a Shopify. 

Além de oferecer uma plataforma segura aos lojistas e compradores, uma das razões para o seu destaque é a sua loja de aplicativos. Ela oferece centenas de apps que facilitam os processos da empresa, como pagamento e integração com fornecedores.

Opções como os aplicativos Oberlo e DSers permitem que você conecte facilmente a sua loja ao Aliexpress, facilitando:

  • A busca por produtos; 
  • A importação das mercadorias; 
  • O acionamento automático ou manual do fornecedor quando uma compra é realizada, permitindo o início do processo de envio do item ao cliente final;
  • E mais. 

Além de simplificar todas as etapas das vendas por dropshipping, a plataforma ainda disponibiliza aplicativos para:

  • Chat;
  • WhatsApp;
  • Recuperação de carrinhos abandonados; 
  • Pop-up de retenção;
  • Automação de e-mail marketing;
  • Reviews e avaliações de clientes, e mais.

Acha pouco? 

Pois saiba que a plataforma também permite que você monte sua loja virtual do zero, sem precisar de ajuda de um designer ou programador. O sistema é todo no modo “arrastar e soltar” para que você possa personalizar as páginas, cadastrar produtos e criar descrições poderosas.

Mas você pode estar se perguntando: qual o valor dessa brincadeira?

O plano básico custa US$19 por mês. Além dele, existem mais duas opções de contratação: os pacotes Shopify e Advanced. 

No primeiro, o custo é de US$52 por mês e o segundo tem um valor de US$399 mensais. 

Leia também:

2. Nuvemshop

A NuvemShop está na lista das melhores plataformas para dropshipping nacionais. É uma ferramenta brasileira que permite a criação do seu e-commerce e a adoção do dropshipping para a venda sem estoque. 

Enquanto a Shopify possui o Oberlo e DSers, a NuvemShop oferece aos seus lojistas os aplicativos Droppi e Nimble. Eles permitem adicionar produtos diretamente do Aliexpress à sua loja, importando informações como:

  • Descrição do produto;
  • Fotos;
  • Preço;
  • Frete.

Tudo é editável e pode ser personalizado de acordo com a sua necessidade.

Um ponto interessante da NuvemShop é a oferta de um sistema de pagamento próprio, o Nuvem Pago. 

Ao optar por ele, você não precisa pagar taxas de comissão sobre as vendas, apenas o valor da mensalidade. Isso pode ser especialmente valioso para quem tem um alto volume de transações. 

O ponto contra é que o benefício não se estende a outras opções de gateways de pagamento, como MercadoPago ou PagSeguro.

Usando a NuvemShop, é possível criar uma loja de dropshipping grátis, com o plano mais básico – mas ele possui algumas limitações. Ou seja: é ideal para quem quer começar. 

Mas, se você já vende e quer se profissionalizar, a plataforma recomenda o plano Essencial, com custo de R$59 mensais.

3. Woocommerce

Woocommerce é um plugin do WordPress para criação de e-commerces. Para desenvolver sua loja é necessário instalar a solução e depois integrar o aplicativo para gestão de dropshipping.

A ferramenta oferece integração com Aliexpress e com o programa de afiliados da Amazon, facilitando a sua comunicação com essas duas importantes plataformas para negócios virtuais. 

É possível ainda usar uma extensão do Google Chrome para: 

  • Importar produtos do Aliexpress;
  • Ter acesso a fornecedores locais; e 
  • Fornecer número de rastreio de mercadoria para o cliente.

O Woocommerce é gratuito, mas o valor para ter o plugin de dropshipping é de US$79 anuais.

Vale destacar que essa opção oferece um pouco mais de trabalho para quem está começando a criar uma loja. Por isso, é ideal para negócios que contam com profissionais que entendam, pelo menos, o básico de programação e design. 

4. Yampi

O Yampi é mais uma opção para criar uma loja de dropshipping grátis. 

A plataforma disponibiliza temas prontos e personalizáveis e você pode conectar a solução de dropshipping à canais como Aliexpress, Nimble e Wiio. 

Esses recursos permitem encontrar fornecedores e migrar produtos para a sua loja, com poucos cliques. A cada venda, os pedidos são enviados automaticamente para o fornecedor internacional e é possível integrar o rastreio da mercadoria para notificar o comprador a cada atualização. 

A plataforma também disponibiliza um recurso de checkout transparente, que é facilmente integrado a outros sistemas de comércio virtual como Shopify e Woocommerce. 

O checkout transparente é importante porque é o recurso que permite a finalização de uma compra dentro do próprio e-commerce, sem direcionar o comprador para outra página. Esse tipo de solução, geralmente, aumenta a sensação de segurança do cliente e pode reduzir o abandono de carrinhos.

Vale destacar que o plano gratuito cobra uma comissão por venda de 2,5%, mas, você só paga se vender. 

Existem outras opções de pacotes em que a taxa é reduzida, mas há um valor mensal fixo cobrado. São ideais para empresas que possuem um significativo volume de transações.

5. Wix

Na Wix, o dropshipping funciona a partir da integração da plataforma com um dos aplicativos especializados oferecidos, entre eles: 

  • Modalyst;
  • Spocket;
  • Printful;
  • Printify;
  • 365Dropship.

Todas essas opções conectam fornecedores de produtos com proprietários de lojas, facilitando a importação de mercadorias e automatizando o aviso de venda para que o fornecedor possa separar e enviar o produto ao comprador. 

Para aceitar pagamentos online, os planos da Wix são “Essencial”, “Completo”, “Profissional” e “Empresarial”. Sendo o “Essencial” o mais barato no valor de 27 dólares mensais.

6. Dropshipping em Marketplaces

Uma alternativa à criação de lojas para dropshipping é a venda por marketplaces, como o Mercado Livre e a Amazon. 

É possível fazer esse tipo de venda, mas cada canal oferece seu próprio conjunto de regras e particularidades. Por isso, é importante acessar cada um e entender como funcionam.

7. Loja Integrada

Por último mas longe de ser a menos importante está a plataforma Loja Integrada. Ela é uma solução completa para empreendedores, pequenas empresas e até mesmo grandes varejistas que desejam criar e operar uma loja virtual de maneira eficaz.

Entre as funcionalidades podemos citar:

  • Gestão de produtos;
  • Integração com pagamentos;
  • Controle de estoque;
  • Integração com Marketplaces como Mercado Livre e Amazon.

Os planos da plataforma vão desde o gratuito até o Expansão no valor de 239 reais por mês.

Como escolher a melhor plataforma para dropshipping?

Agora que você já tem em mãos a lista com as melhores plataformas para dropshipping e conhece um pouco sobre cada uma, é hora de escolher a que se adequa melhor às suas necessidades. 

Além de preço, fique atento também a questões como:

  • Taxas de comissão por venda;
  • Facilidade para receber suporte; 
  • Diversificação de planos;
  • Sistemas disponíveis para integração com os fornecedores que você irá usar; 
  • Dificuldade para a criação da loja;
  • Opções de processamento de pagamento;
  • Aplicativos oferecidos para outras áreas importantes do negócio, como marketing, emissão de nota fiscal, frete e mais.

Outro ponto vital para a sua escolha deve ser a possibilidade de integração que essas plataformas oferecem e que vão tornar a sua gestão muito mais eficiente. 

A Pluga oferece dezenas de integrações para as plataformas de dropshipping, apresentadas acima. Olha como automatizar alguns processos no vídeo a seguir:

É possível integrá-las a outros sistemas como software de gestão financeira, como o ContaAzul, ferramentas de marketing, CRMs, como Hubspot, e-mails, sistemas de comunicação e muito mais. 

Confira esses exemplos de automatizações aqui embaixo prontos para serem feitos:

Para não se esquecer!

Qual é a melhor plataforma para dropshipping?

Na lista de melhores plataformas para dropshipping, estão: Shopify; Nuvemshop; Woocommerce; Yampi; Wix; Dropshipping em Marketplaces; Loja Integrada.

Como escolher a melhor plataforma para dropshipping?

Além de preço, fique atento também a questões como: Taxas de comissão por venda; Facilidade para receber suporte; Diversificação de planos; Sistemas disponíveis para integração com os fornecedores que você irá usar; Dificuldade para a criação da loja; Opções de processamento de pagamento; Aplicativos oferecidos para outras áreas importantes do negócio, como marketing, emissão de nota fiscal, frete e mais.

Esse artigo foi útil para você? 😎
Média: 4.8 / 5
Share on twitter
Share on linkedin
Share on facebook

Você também pode gostar

Na prática

Desbloqueie os superpoderes das ferramentas que você mais ❤️

Entenda como a automatização de tarefas da gestão de cursos online pode beneficiar seus negócios e clientes! Conheça ferramentas. […]
Agora na Pluga você consegue realizar ações em outras ferramentasa partir da atualização de status do Notion e também ter o status atualizado […]