Share on twitter
Share on linkedin
Share on facebook
Ludmila Silva

Marketing

A organização de tarefas, sejam elas pessoais ou profissionais, é uma das questões que muitas pessoas procuram ajustar em suas rotinas. Afinal, ninguém quer gastar mais tempo do que o necessário em um projeto só porque não houve um planejamento e organização de etapas eficientes.

É por esse motivo – e outros também – que existem cada vez mais plataformas de gestão de projetos no trabalho. Uma delas é a ferramenta Monday⋅com.

Não sabe o que é a Monday? 😨

Não tem problema! Caso você ainda não a conheça e esteja procurando por softwares que vão te auxiliar na execução com eficácia de tarefas e projetos, então chegou ao lugar certo! 

Ao longo deste conteúdo vamos te mostrar tudo o que é preciso saber sobre a plataforma Monday⋅com. Então continue por aqui para compreender os seguintes tópicos:

Boa leitura! 😄

O que é a Monday.com?

A Monday⋅com é uma ferramenta de gerenciamento do fluxo de trabalho. Ela pode ser utilizada tanto para acompanhar aquelas tarefas diárias e recorrentes como também para visualizar o andamento das etapas de um grande projeto.

Fundada em 2012, a plataforma surgiu com o objetivo de simplificar e facilitar as relações de trabalho entre todas as pessoas integrantes de uma empresa. Mas, como alcançar esse propósito? 🤔

Para isso a empresa reúne em seu catálogo 5 tipos de produtos que podem ser utilizados com o intuito de organizar toda a estrutura e processos de uma empresa. São eles:

  • Monday Work Management;
  • Monday Sales CRM;
  • Monday Marketer;
  • Monday Projects;
  • Monday Dev.

Cada um deles possui uma característica própria, mas se o seu objetivo for organização de processos e tarefas no trabalho o foco aqui é a Monday Work Management.

Atualmente mais de 200 tipos de empresas utilizam a ferramenta Monday, em mais de 140 países. Além disso, mais de 100 mil equipes aplicam a plataforma em seu dia a dia de trabalho.

Também pode te interessar → listas de atividades no gerenciamento de projetos.

Funcionalidades da Monday Work Management

OK. Até aqui você já entendeu o que é a Monday, a história da ferramenta, assim como o motivo para existir e seus produtos que auxiliam em grande parte das áreas da empresa. 

Tendo tudo isso em mente, a pergunta que fica é: quais as funcionalidades da Monday como ferramenta de gestão de trabalho

Como já comentamos anteriormente, o produto focado nesta parte é a Monday Work Management, na tradução livre significa Gerenciamento de Trabalho. Entre as principais funcionalidades, podemos citar:

  • Espaço de trabalho compartilhado;
  • Diversas maneiras de visualizar o trabalho;
  • Possibilidade de ter uma visão geral do andamento das tarefas;
  • Fluxos de trabalho personalizáveis;
  • Workflows personalizados para 10 diferentes setores da empresa;
  • Dados reunidos em painéis e relatórios;
  • Possibilidade de integração com outras ferramentas.

Separamos um vídeo que ilustra melhor essas funcionalidades da plataforma. Aperte o play!


Assim como muitas outras ferramentas, a Monday disponibiliza diferentes funcionalidades para cada tipo plano (detalharemos cada plano da Monday mais abaixo.)

Por isso, é importante primeiro entender qual o melhor caso de uso da Monday⋅com na gestão da sua empresa.

Como usar a Monday como ferramenta de gestão? 5 passos

Até aqui você já entendeu o que é a Monday, as funcionalidades da plataforma de gerenciamento de trabalho e os planos existentes na ferramenta. Mas a pergunta que fica é: como usar a Monday Work Management? 

Para ajudar a solucionar essa dúvida, separamos um passo a passo para você ter sucesso ao usar a ferramenta. Confira a seguir.

1. Cadastro e primeiras configurações

O primeiro passo para utilizar a ferramenta é realizar o cadastro na plataforma. Para isso siga os passos:

  • Acesse o site da Monday⋅com; 
  • Clique na aba na parte superior nomeada “Produtos”;
  • Escolha o produto Monday Work Management;
  • Clique em “Começar”;
  • Faça o seu cadastro utilizando um e-mail ou as configurações de uma conta do Google.

Uma vez finalizado o cadastro, a plataforma irá te direcionar para preencher as primeiras configurações. Assim, a plataforma terá uma maior usabilidade seguindo os seus objetivos. 

Veja abaixo como fazer.

2. Montando o Workflow

Com as primeiras informações configuradas chegou o momento de começar a montar o Workflow que será utilizado. Para isso, o primeiro passo é definir o nome do quadro, ou seja, o título principal do projeto que necessita acompanhar. 

Em seguida, decida os nomes dos grupos de elementos. Inicialmente defina dois, mas caso queira criar mais, não se preocupe, é possível adicionar depois.

Grupos de elementos podem ser entendidos como os subtítulos do projeto principal. Neste exemplo o projeto principal (quadro) foi nomeado de “Planejamento de pautas”.

Logo, podemos definir como subtítulos (grupos de elementos) os períodos de acompanhamento das tarefas, como no exemplo abaixo. 

Lembrando que este é apenas um exemplo, os grupos de elementos podem ter outros nomes, tudo dependerá de como o acompanhamento precisa ser feito. Além, claro, dos objetivos de cada equipe e empresa.

3. Criando grupos de elementos

No passo anterior comentamos sobre a criação de grupos de elementos. Com uma primeira visão do Workflow com as configurações iniciais, entenda como criar mais grupos de elementos.

Para fazer isso basta clicar no botão “Criar elemento” e em seguida selecionar a opção “Criar grupo de elementos”. Com o novo grupo criado, basta modificar o nome para o que deseja.

4. Adicionando elementos

Com os grupos criados, é o momento de adicionar os elementos que vão fazer parte deles. Pense nesses elementos como tarefas a serem cumpridas. Para adicioná-los basta clicar em “Adicionar elemento” no grupo que deseja. 

É importante citar que é possível adicionar todo tipo de informação ou aviso em cada um dos elementos adicionados. Basta clicar em “Abrir” e adicionar observações necessárias, arquivos, emojis, gifs, etc.

5. Delegação e status de tarefas

O último passo para ter eficiência utilizando a plataforma Monday para gestão de projetos e tarefas de trabalho, é: delegar pessoas responsáveis pelas tarefas, atribuir uma data de entrega e também adicionar status das tarefas.

Veja abaixo como fazer isso.

Integre a Monday Work Management com outras ferramentas

Em uma empresa, independentemente do seu tamanho ou mercado, muitas ferramentas são utilizadas para que as tarefas sejam realizadas. Além da Monday⋅com, ferramentas de planilhas, formulários ou até mesmo o Google Calendar são muito utilizadas.

Algo que facilita – e muito – a vida das equipes de trabalho é quando esses softwares conseguem se integrar. Imagine só ter elementos criados automaticamente na Monday⋅com a partir de um evento criado no Google Calendar?

Seria um tchau para a confusão na agenda! 🤩

Com a Pluga é possível integrar a Monday.com a mais de 68 ferramentas, incluindo as que citamos ali em cima. E o melhor, sem precisar digitar uma linha de código sequer!

Confira abaixo algumas automatizações prontas para serem realizadas.

Planos e valores da Monday

Agora que você já entendeu tudo sobre o que é a Monday, como usar a ferramenta para gerir tarefas e projetos no trabalho, e as maneiras de integrá-la aos diversos departamentos da sua empresa, que tal ir além utilizando as funcionalidades ideais para a sua gestão? 🚀

Caso o negócio seja individual ou possua até duas pessoas – incluindo você -, é possível utilizar a Monday de maneira gratuita. Nesse modelo é possível ter: 

  • Até 2 membros da equipe;
  • Até 1.000 elementos;
  • 500 MB de armazenamento.

Mas essa não é a sua situação? Confira abaixo os outros planos da Monday.

Básico

Com este plano é possível ter uma quantidade maior de funcionalidades, se comparado ao individual. No entanto seu valor passa a ser de 35 reais ao mês por usuário. 

Este plano possui:

  • Visualizadores gratuitos ilimitados;
  • Elementos ilimitados;
  • Quadros ilimitados;
  • Mais de 200 templates;
  • Mais de 20 tipos de colunas;
  • Aplicativos iOS e Android;
  • Crie um painel com base em 1 quadro.

Padrão

O plano padrão é o que possui maior procura e adesão na Monday para gestão de projetos. Seu preço é de 45 reais ao mês por usuário e abrange as seguintes funcionalidades:

  • Visualizações de Cronograma e Gantt;
  • Visualização de calendário;
  • Acesso para convidados;
  • Automações (250 ações por mês);
  • Integrações (250 ações por mês);
  • Crie um painel que combine 5 quadros.

Profissional

Já o plano profissional é o mais indicado para empresas com equipes maiores. Seu valor é de 75 reais ao mês por usuário. Com ele é possível:

  • Quadros privados;
  • Visualização de gráfico;
  • Monitoramento de tempo;
  • Coluna de fórmula;
  • Automações (25.000 ações por mês);
  • Integrações (25.000 ações por mês);
  • Crie um painel que combine 10 quadros.

Corporativo

Caso nenhuma das opções anteriores tenha o suporte necessário para atender a sua empresa, existe também o plano Corporativo. Seu valor é negociado diretamente com a equipe de vendas da Monday⋅com.

As funcionalidades são:

  • Automações e integrações em escala empresarial;
  • Permissões multinível;
  • Segurança e governança de nível empresarial;
  • Relatórios e dados analíticos avançados;
  • Integração personalizada;
  • Suporte premium;
  • Crie um painel que combina 50 quadros.

Para ter mais informações sobre os planos e valores, é só acessar a página de preços da plataforma Monday.

Para não esquecer!

O que é a plataforma Monday⋅com?

A Monday⋅com é uma ferramenta de gerenciamento do fluxo de trabalho. Ela pode ser utilizada tanto para acompanhar tarefas diárias e recorrentes quanto para visualizar o andamento das etapas de um grande projeto.

Qual o valor da Monday⋅com?

Os valores vão desde 35 reais ao mês por usuário no plano Básico, até 75 reais ao mês por usuário no plano Profissional. Existem também os planos Padrão, com o valor de 45 reais ao mês por usuário, e Corporativo em que o valor é definido após negociação com o time de vendas da Monday⋅com.

Como usar a Monday grátis?

Para além dos planos pagos, existe um plano gratuito, que abrange equipes de até duas pessoas. Para usar, basta fazer o cadastro na plataforma.

Como integrar a Monday com outras ferramentas?

Utilizando a Pluga, é possível integrar a Monday⋅com dezenas de ferramentas. A configuração acontece em menos 5 minutos e sem necessidade de digitar linhas de códigos.

Esse artigo foi útil para você? 😎
Média: 0 / 5

Você também pode gostar

Saber como usar o Gravity Forms, ou outros formulários online, é uma ação que pode acarretar em ações benéficas a longo prazo. O uso […]