Stripe no Brasil: saiba como usar e integrar ao seu negócio

stripe no brasil

Já pensou na facilidade de fazer pagamentos online com apenas alguns cliques? Desde a chegada do Stripe ao Brasil em 2019, essa ideia não é mais um sonho distante, é a realidade para muitas empresas e empreendedores por aqui.

Antes da chegada da empresa, já existiam outras opções de processamento de pagamentos online no país, porém, muitas vezes, essas opções eram mais complexas, burocráticas ou menos acessíveis para pequenos e médios negócios.

Mas como usar o Stripe no Brasil? E será que existem possibilidades de deixar a ferramenta ainda mais poderosa? 😱

Continue a leitura que responderemos todas essas dúvidas.

O que é Stripe?

Stripe é um dos mais conhecidos meios de pagamentos online, com milhares de clientes empresariais ao redor do mundo. A ferramenta funciona basicamente como um meio ágil e seguro para sua empresa receber de seus clientes por seus serviços e produtos.

Dentre as funcionalidades do Stripe, podemos citar:

  • Diversas possibilidades de formas de pagamento, inclusive PIX;
  • Possibilidade de configurar pagamentos recorrentes;
  • Ferramenta para gerenciamento de assinaturas;
  • Detector de fraudes;
  • Possibilidade de integração com outras ferramentas.

Esta última funcionalidade, inclusive, pode potencializar e agilizar processos e tarefas das equipes. Se já quiser saber como isso acontece vá direto para o tópico: Como integrar o Stripe a outras ferramentas?

Também pode te interessar:

Como usar o Stripe no Brasil?

Para ter o Stripe como o meio de pagamento oficial do seu negócio no Brasil é bem simples. Basta seguir os passos abaixo:

  1. Crie uma conta no Stripe: Acesse o site oficial do Stripe e clique em “Comece grátis” ou “Criar conta“;
  2. Configure sua conta: Após clicar no link enviado para o seu e-mail de verificação de conta, preencha os detalhes necessários na página para onde irão te redirecionar;
  3. Integre o Stripe ao seu site ou aplicativo: Siga as instruções fornecidas pelo Stripe para integrar o sistema de pagamento à sua plataforma;
  4. Teste os pagamentos: O Stripe oferece um ambiente de teste que simula transações reais, permitindo que você teste sua integração sem processar pagamentos reais. Certifique-se de testar várias situações, como pagamentos bem-sucedidos, falhas no pagamento e reembolsos;
  5. Comece a aceitar pagamentos: Promova seus métodos de pagamento aceitos em seu site ou aplicativo para que os clientes saibam que podem pagar usando o Stripe;
  6. Gerencie seus pagamentos e relatórios: Utilize o painel de controle do Stripe para monitorar transações, gerar relatórios de vendas, analisar dados de pagamento e gerenciar assinaturas.

É importante citar que este passo a passo pode variar a depender das características de cada negócio. 

Como integrar o Stripe a outras ferramentas? Passo a passo

Agora que já sabe como utilizar o Stripe no seu negócio, a pergunta que fica é: como integrá-lo a outras ferramentas? 🤔 

Utilizando a Pluga você consegue integrar o Stripe com mais de 54 ferramentas e expandir o potencial de organização financeira do seu negócio. E o melhor disso é que nem é preciso saber “codar”.

Para te ajudar, separamos um passo a passo da automatização entre as ferramentas Stripe e Conta Azul. Para que ela aconteça corretamente você precisará:

  • Ter uma conta no Stripe;
  • Login ou cadastro (gratuito) na Pluga;
  • Ter uma conta na ferramenta que deseja integrar com o Stripe (no nosso exemplo será a Conta Azul).

Dito isto, vamos para o passo a passo.

  1. Escolha a integração que deseja fazer com o Stripe usando a Pluga

    Para isso, acesse a página de integrações com o Stripe na Pluga e busque pela ferramenta que deseja conectar a ele.

  2. Conecte as ferramentas

    Autentique a sua conta do Stripe e da outra ferramenta na Pluga.

    conectar ferramentas stripe e conta azul

  3. Filtre as informações de valor

    Nesta etapa você pode definir alguns filtros de valor para que o gatilho da automação seja ativado apenas nessas situações.

  4. Configure os dados que serão enviados entre as ferramentas

    Nesta etapa é onde você definirá quais dados vindos do Stripe preencherá cada uma das colunas na Conta Azul. Após, clique em “Finalizar automatização”.

    stripe no brasil

  5. Pronto! ✨ Sua integração foi feita!

    Agora, toda vez que um novo pagamento for aprovado ou recusado e uma assinatura for criada ou cancelada no Stripe, uma nova ação acontecerá na ferramenta que você selecionou.

Curtiu? Então que tal já colocar a mão na massa?! Acesse a sua automatização favorita aqui embaixo.

Ah! Caso tenha alguma dúvida, você pode entrar em contato com o time de suporte da Pluga.

Alternativas ao Stripe no Brasil: 5 opções

O Stripe é um excelente meio de pagamento, mas existem diversas alternativas que podem ser mais interessantes a depender do seu modelo de negócio. Confira algumas delas, analise, e decida qual é a que mais combina com você.

1. PagSeguro

PagSeguro é um dos mais usados sistemas de pagamento online do Brasil. Ligado ao Grupo Uol, o PagSeguro atende a empresas dos mais variados portes. Oferece soluções de pagamento das mais diversas, seja para autônomos ou grandes lojas online, assim como lojas físicas.

Confira algumas de suas funcionalidades:

  • Máquinas de cartão de crédito e débito para intermediar pagamentos em lojas físicas;
  • Soluções de split de pagamentos para marketplaces;
  • Gateways de pagamento para marketplaces;
  • Lojas virtuais;
  • Botões de pagamento;
  • Links de pagamento que podem ser usados em mídias sociais e até e-mails;
  • Pagamentos recorrentes (mensalidades e assinaturas);
  • Apps de vendas.

Entre outras funções, como a integração com outras ferramentas, por exemplo. Assim como o Stripe, na Pluga também é possível conectar o PagSeguro a mais de 54 ferramentas. Confira alguns exemplos abaixo:

2. Moip

A Moip é uma empresa consagrada no mercado internacional de meios de pagamentos. Dentre seus principais serviços podemos destacar:

  • Poderosos painel de controle e gestão de pagamentos;
  • Antecipação de recebíveis;
  • Máquinas de cartões de débito e crédito;
  • Exclusivo sistema anti-fraude;
  • Carrinho de compras compartilhado: é possível comprar de várias lojas diferentes e fazer um único pagamento;
  • Split de pagamentos para marketplaces;
  • Gateway transparente, sem sair do site da sua loja.

Entre outros funcionalidades, a Moip também tem diversas automatizações na Pluga, confira algumas delas:

3. Pagar•me

Focado em vendas pela internet, o Pagar•me procura aumentar as conversões de seus clientes, com segurança. É um gateway de pagamentos simples de operar, sem complicações, muito usado por quem está começando nas vendas online.

Veja algumas de suas funcionalidades:

  • Recebimento via site e aplicativo;
  • Aceita as principais bandeiras de cartões e também boleto bancário;
  • Compatível com as principais plataformas de e-commerce, fácil de integrar!
  • Retentativa inteligente: caso a operadora estiver fora do ar, o  sistema faz diversas novas tentativas de passar o cartões de seu cliente;
  • Você controla tudo de um só lugar com o painel de controle.

E claro que a Pluga não poderia deixar de incluir o Pagar•me dentre os meios de pagamento que contam  com automatizações prontinhas para você usar. Conheça algumas delas:

4. PayPal

PayPal é uma das mais famosas carteiras de pagamento virtual da internet. Isto é: você pode manter valores em uma conta do PayPal e fazer  pagamentos com esse dinheiro, assim como transferências.

Para além disso, a ferramenta foi desenvolvida com outras funcionalidades que a aproximam muito de um gateway de pagamentos.

Dessa forma, se o PayPal era muito usado por quem não tinha loja na internet, hoje incorpora funcionalidades como cobrança recorrente e links de pagamento.

Estas são algumas das automatizações do PayPal desenvolvidas pela Pluga para você:

5. MercadoPago

Outra solução extremamente abrangente, o Mercado Pago faz parte do grupo Mercado Livre e, por isso, conta com uma enorme base de usuários. O mercado pago está presente em países como Argentina, Chile, Colômbia e México, além do Brasil, é claro.

Por estar intimamente ligado ao Mercado Livre, o Mercado Pago acaba sendo um dos primeiros meios de pagamento usados por quem se inicia nos negócios virtuais.

Veja algumas das formas de recebimento oferecidas pelo Mercado pago:

  • Máquinas de cartão de crédito e de débito em sua loja física;
  • Usando uma loja, em seu e-commerce;
  • Por meio de botões de pagamentos, em sites e mídias sociais;
  • Utilize também links em postagens em blogs e até mesmo no WhatsApp;
  • Inclua esses links em e-mails para seus clientes;
  • Checkout de pagamento;
  • Usando códigos QR, em sua loja física.

Além disso, o MercadoPago conta com a possibilidade de oferecer crédito para que você mantenha suas finanças em dia, contando com um capital extra se precisar.

O Mercado Pago também faz parte das ferramentas online integradas pela Pluga com outros aplicativos que você usa em seu dia a dia.

Veja algumas das automatizações desenvolvidas:

Para não se esquecer!

O que é Stripe?

Stripe é um dos mais conhecidos meios de pagamentos online, com milhares de clientes empresariais ao redor do mundo. A ferramenta funciona basicamente como um meio ágil e seguro para sua empresa receber de seus clientes por seus serviços e produtos.

Como integrar o Stripe a outras ferramentas?

Utilizando a Pluga você consegue integrar o Stripe no Brasil com mais de 54 ferramentas e expandir o potencial de organização financeira do seu negócio. E o melhor disso é que nem é preciso saber “codar”.

Esse artigo foi útil para você? 😎
Média: 5 / 5
Share on twitter
Share on linkedin
Share on facebook

Você também pode gostar

Na prática

Desbloqueie os superpoderes das ferramentas que você mais ❤️

Confira 4 opções de integração Omie ERP via Pluga: gestão de estoque; Pagamentos e faturas; Status do cliente e Comunicação interna. […]