• Como funciona
  • O que é
  • Como integrar

Como funciona o Mailchimp

Quer descobrir como usar o Mailchimp? Através de um painel de controle unificado você encontra diversos recursos (gratuitos ou pagos) como: ferramenta de CRM, segmentação de listas, personalização e automação de e-mails, criação de formulários e páginas de cadastro, criação de publicações para redes sociais e anúncios, relatórios de desempenho, entre outros.

Com eles você consegue realizar ações complexas de marketing digital, além de funções básicas como utilizar o Mailchimp para o disparo de e-mails.

Mailchimp

Como funciona o Mailchimp

Quer descobrir como usar o Mailchimp? Através de um painel de controle unificado você encontra diversos recursos (gratuitos ou pagos) como: ferramenta de CRM, segmentação de listas, personalização e automação de e-mails, criação de formulários e páginas de cadastro, criação de publicações para redes sociais e anúncios, relatórios de desempenho, entre outros.

Com eles você consegue realizar ações complexas de marketing digital, além de funções básicas como utilizar o Mailchimp para o disparo de e-mails.

O que é o Mailchimp

Afinal, o que é Mailchimp?

O MailChimp é uma plataforma completa para promoção de conteúdo online. Apesar de ser amplamente conhecido como uma ferramenta de email marketing, o Mailchimp faz muito mais. Sua proposta é reunir todas as necessidades de marketing digital em um só lugar, permitindo a visualização de dados de audiência e promoção de conteúdo via e-mail, redes sociais e landing pages - além da construção de websites, inclusive lojas virtuais.

Mailchimp português

O que é o Mailchimp

Afinal, o que é Mailchimp?

O MailChimp é uma plataforma completa para promoção de conteúdo online. Apesar de ser amplamente conhecido como uma ferramenta de email marketing, o Mailchimp faz muito mais. Sua proposta é reunir todas as necessidades de marketing digital em um só lugar, permitindo a visualização de dados de audiência e promoção de conteúdo via e-mail, redes sociais e landing pages - além da construção de websites, inclusive lojas virtuais.

Como automatizar o Mailchimp

Apostar na integração do Mailchimp com outras ferramentas torna suas estratégias digitais ainda mais assertivas. Isso porque, utilizando a Mailchimp API key em conjunto com outras aplicações, é possível automatizar ações como a criação de novos leads nas suas listas de e-mail.

E a melhor parte: se você não sabe programar, pode usufruir de integrações desenvolvidas por empresas especialistas no assunto. A Pluga, por exemplo, oferece mais de 48 integrações para Mailchimp prontinhas para usar!

Mailchimp o que é

Como automatizar o Mailchimp

Apostar na integração do Mailchimp com outras ferramentas torna suas estratégias digitais ainda mais assertivas. Isso porque, utilizando a Mailchimp API key em conjunto com outras aplicações, é possível automatizar ações como a criação de novos leads nas suas listas de e-mail.

E a melhor parte: se você não sabe programar, pode usufruir de integrações desenvolvidas por empresas especialistas no assunto. A Pluga, por exemplo, oferece mais de 48 integrações para Mailchimp prontinhas para usar!

Faça mais com Mailchimp

  • Criar listas no Mailchimp é uma estratégia valiosa. Isso porque, nas listas, estão os contatos de clientes cativos, potenciais clientes ou leads que podem ser amadurecidos e convertidos.

    Uma base de e-mails constantemente atualizada e refinada representa um dos mais importantes ativos de uma empresa que trabalha com o suporte do marketing digital para comunicação e vendas.

    Além de criar uma lista no Mailchimp, é possível ir além e segmentar os leads (importante ressaltar que, no plano gratuito só é possível trabalhar uma lista de e-mails, enquanto, nas opções pagas, o número de listas pode ser maior), garantindo que cada segmento receba um conteúdo adequado às suas necessidades e características. Segmentações são grupos de contatos reunidos de acordo com uma ou mais características. Por exemplo: “clientes que vivem no Rio de Janeiro”, ou “mulheres acima de 30 anos de idade”.

    O primeiro passo para organizar a sua base de contatos é criar as suas listas no Mailchimp (chamadas de Audiences dentro do sistema). Quer saber como fazer isso? Então acompanhe o passo a passo abaixo:

    Passo 1: clique em “Audiences” no menu superior.

    Passo 2: Selecione "View audiences" e clique em "Create Audience"

    Passo 3: preencha as informações de identificação da lista criada (nome da lista, e-mail do remetente, lembrete para explicar a razão do envio do contato, e por aí vai). Lembre-se de preencher com cuidado cada um dos campos para garantir maiores índices de abertura e resposta.

    Passo 4: clique em “enviar” para concluir a criação da lista

    Agora que você já sabe como criar lista no Mailchimp, é importante trabalhar sua segmentação. Isso porque, em sua jornada de compra, clientes circulam por diferentes momentos do funil de vendas, e não devem receber informações massificadas.

    Por exemplo: separar clientes (compradores) dos demais leads da lista pode ser interessante para garantir o envio de mensagens específicas para cada um dos perfis.

    Que tal descobrir como fazer isso? Vamos lá!

    Passo 1: depois de criar sua lista no Mailchimp, é hora de segmentar seus contatos. Em sua página de listas (no menu superior “Audiences”), clique em “View Contacts”. No topo da tabela com lista de contatos passe o mouse no menu “Segments” e clique em “New Segment” (novo segmento).

    Passo 2: será aberto um menu flutuante com uma série de critérios para segmentar os contatos, como gênero, CEP, primeiro nome, rating do cliente, data de adição na lista etc.

    Passo 3: escolha os critérios que melhor funcionem em seu negócio e conclua a operação! Lembre-se de que o ideal é trabalhar conteúdos e templates diferentes para cada segmento.

  • Além do dashboard principal do Mailchimp (aquele que você vê assim que entra na ferramenta), existe também o dashboard de públicos. Esse painel permite a visualização de padrões para que você tenha uma visão mais clara da sua audiência, com a exibição visual de dados como localização, taxa de engajamento etc.

    Esse tipo de visualização facilita o entendimento do sucesso das suas campanhas de marketing e facilita o processo de criação e aprimoramento das listas de envio.

    Por isso é sempre importante acessar o dashboard do Mailchimp. Trata-se de uma poderosa ferramenta para obter insights sobre ações que podem ser realizadas para aumentar o número de contatos em suas listas e também o índice de interação da sua audiência. Por exemplo, um dos recursos do painel é exibir as localidades dos seus leads mais engajados. Você pode utilizar essa informação para criar novos segmentos e campanhas promocionais.

  • Os formulários são uma maneira fácil e objetiva de ampliar a sua base de contatos e, portanto, aumentar o alcance do seu e-mail marketing.

    O Mailchimp oferece um poderoso construtor de formulários, que permite que você edite o layout e campos a serem utilizados. Neste momento você pode criar campos personalizados, que são perguntas específicas para as necessidades do seu negócio. Posteriormente você poderá usar esses dados para segmentar seu público.

    Outro recurso interessante do Mailchimp para formulários é a possibilidade de compartilhá-los de várias maneiras. Você pode, direto do painel do Mailchimp, compartilhar o link para seu formulário no Facebook, Twitter ou gerar um QR code. Caso já tenha um site, também pode incorporar o formulário criado dentro de uma página, utilizando o código HTML gerado pelo Mailchimp.

    Assim, o formulário Mailchimp pode ser uma verdadeira fonte do tesouro para a segmentação de audiência. Quer entender o por quê?

    Os campos de público (aqueles que foram capturados nos seus formulários) contém muitas informações sobre os seus contatos, como a data em que foram adicionados, onde moram e como interagem com as suas ações de marketing. Você pode usar estas informações para organizar os contatos em segmentos e disparar e-mails, cartões postais ou campanhas de anúncios de forma mais assertiva a cada um deles.

    Ou seja: utilizando os campos dos formulários de inscrição, é possível coletar dados estratégicos dos leads e utilizá-los como base para criar segmentações inteligentes e úteis. Quer ver alguns exemplos?

    Se o seu negócio é um e-commerce de roupas masculina e feminina, a segmentação de gênero pode ajudar a direcionar ofertas para cada um dos públicos-alvo, aumentando, assim, as chances de atraí-los para o seu site.

    Para quem trabalha com frete em escala nacional, a segmentação geográfica pode ajudar a direcionar promoções para as regiões contempladas, por exemplo, por uma redução na tarifa de envio.

  • Ter o e-mail marketing Mailchimp como aliado em uma campanha de marketing digital pode te ajudar a alcançar resultados inimagináveis. Isso porque, com o apoio da automação (e de técnicas como a da segmentação de contatos), é possível entregar as mensagens certas, para as pessoas certas, na hora certa.

    Personalizar o e-mail do Mailchimp pode tornar suas ações ainda mais certeiras. Quer ver como?

    A primeira grande estratégia para personalizar o e-mail do Mailchimp e aproximar a comunicação com seus leads é mergulhar nos campos personalizados. Por exemplo, você pode usar o nome do cliente no assunto do e-mail ou então usar os dados da cidade onde a pessoa mora para fazer uma chamada mais atraente. Por isso o uso dos campos personalizados auxilia nas taxas de aberturas de e-mails e no engajamento dos leitores, que se sentirão prestigiados por um conteúdo feito “sob medida”.

    O segundo recurso utilizado para personalizar o e-mail Mailchimp é a criação de templates de e-mail para cada segmento. Uma apresentação adequada e focada em cada tipo de público conta muito a favor em uma estratégia de marketing.

    Para isso, o Mailchimp oferece dezenas de templates e modelos prontos, além de um editor de layout para quem deseja se aventurar na criação de novos layouts.

    Os modelos prontos do Mailchimp são oferecidos automaticamente, sempre que você for criar uma campanha de e-mail no Mailchimp. Uma vez selecionados esses layouts funcionam como base, mas você tem total liberdade de adicionar e remover blocos (textos, imagens, botões, etc.), além de editar cores, fontes, cabeçalho e rodapé. Tudo isso através do editor de conteúdo (chamado de “Campaign Builder”).

    Caso você prefira (e tenha conhecimento técnico para isso), é possível criar seu próprio template do zero. Para isso basta clicar em “Code Your Own” durante a criação da campanha. Você será levado a uma tela onde poderá optar por colar o código( “Paste in code”), importar um HTML (“Import HTML”) ou importar um arquivo zipado (“Import zip”).

  • É possível integrar o Mailchimp a diversas outras plataformas via API para gerar leads, criar listas e interagir com a sua base de contatos de forma mais inteligente e automatizada.

    Essa é a forma difícil. 😓

    A forma fácil é integração via Pluga. 😎

    A Pluga disponibiliza mais de 48 integrações Mailchimp prontas para que você consiga realizar essas automatizações em pouco tempo, sem precisar digitar nenhuma linha de código.

Conheça o Mailchimp

  • Fazer login no Mailchimp é simples. É só ir na página de login no Mailchimp e entrar com seus dados do usuário.

    Mas, caso ainda não tenha feito sua conta, o primeiro passo é criar uma. Por ser um software online, o Mailchimp não exige que você baixe ou instale nada em seu dispositivo. Entretanto, é essencial que você tenha uma conta de e-mail para poder realizar o cadastro na ferramenta.

    Todas as contas começam com o plano free (gratuito), garantindo que o usuário conheça e explore a ferramenta antes de optar por uma das opções pagas. Para isso, ao fazer seu cadastro, você deve clicar em “Cadastre-se gratuitamente”. Após realizar e validar o cadastro, seu login passa a ser feito no botão “Log In”.

    Apesar de disponibilizar páginas de suporte no nosso idioma, não há, ainda, uma versão do Mailchimp em português. Mas não pense que isso será necessariamente um problema! Por ser um recurso extremamente popular, o Mailchimp no Brasil é abordado por diversos especialistas em marketing digital e automação, que disponibilizam tutoriais e vídeos sobre como operar a plataforma. A Pluga, por exemplo, tem um vídeo tutorial completo com dicas incríveis para começar a absorver o que a ferramenta tem de melhor!

  • A plataforma funciona como uma ferramenta freemium, que disponibiliza tanto planos pagos, quanto uma versão gratuita. Todos os usuários que se cadastram pela primeira vez ganham acesso ao Mailchimp gratuito.

    O Mailchimp gratuito é perfeito para quem está se familiarizando com a automatização de e-mail marketing. Entre as características da versão grátis do Mailchimp, estão a possibilidade de uso de 7 canais de marketing (e-mail, anúncio, landing page, pesquisa, post em redes sociais, formulário e cartão postal), modelos básicos de template, acesso ao CRM de Marketing (com limite de 2.000 contatos), recursos de pesquisa e acesso a domínios personalizados.

    Além da opção gratuita, o Mailchimp também conta com planos de assinaturas. As funcionalidades de cada plano são cumulativas, o que significa que o plano Premium oferece todas as vantagens de cada um dos planos anteriores, além de alguns bônus. Confira o preço do Mailchimp e as características para cada tipo de plano.

  • As landing pages são excelentes ferramentas de captura de contatos, pois são páginas desenhadas especificamente para a conversão de leads. Pensando nisso, entender como fazer uma landing page no Mailchimp pode te ajudar a incrementar suas listas de contatos com novos potenciais clientes.

    O Mailchimp disponibiliza, em sua plataforma, a ferramenta de criação de landing page de forma prática e didática. Para criar uma landing page no Mailchimp, você deve:

    Passo 1: clicar em “Campaigns” no menu principal, e depois em “Create Campaign”. Então, selecione a opção “landing page”;

    Passo 2: identifique sua campanha com um nome e selecione a lista de contatos onde os leads capturados por essa landing page serão cadastrados.;

    Passo 3: desenvolva o layout da landing page seguindo a estrutura disponibilizada na ferramenta. É possível inserir imagens, alterar o texto e modificar os campos de preenchimento do usuário conforme a sua estratégia;

    Passo 4: salve e publique sua landing page!

    Confira aqui o passo a passo detalhado sobre como criar sua página de captura no Mailchimp.

  • O Wordpress é uma das ferramentas mais utilizadas para a criação de sites e blogs em todo o mundo. Aliando o Mailchimp ao Wordpress, é possível converter ainda mais, gerando mais rentabilidade para o site e o negócio.

    Veja como utilizar o Mailchimp no Wordpress:

    1- crie uma conta no Mailchimp;

    2- adicione uma lista de e-mails (ou várias, apostando na segmentação, caso você já tenha um plano pago do Mailchimp);

    3- crie a campanha que será associada ao Wordpress (pode ser um fluxo de e-mail marketing ou uma mensagem pontual);

    4- adicione um formulário de inscrição integrando o Mailchimp ao Wordpress (você pode fazer isso seguindo o comando “Campaigns > Sign up forms > Embedded Forms”

    5- crie o formulário ativando as caixas de informação que melhor se adequarem à sua persona e, por fim, copie o código HTML;

    6- adicione o código copiado em seu Wordpress. Você pode incorporar o formulário diretamente em uma página ou post através do editor HTML, ou então inserir o formulário em áreas definidas do site, como a barra lateral. Para isso, siga o comando “Appearance” > “Widgets > HTML Personalizado.

  • Para entender como fazer e-mail marketing com o Mailchimp, precisamos dividir o processo em algumas etapas fundamentais: entender como desenvolver templates de e-mail e, para começar, como importar contatos no Mailchimp (caso você já tenha uma lista de e-mails cadastrados em uma planilha).

    Vamos a cada uma das etapas?

    Etapa 1: como importar contatos para o Mailchimp

    O processo de importar contatos para o Mailchimp é bastante didático. Após concluir seu cadastro na ferramenta, é hora de dar o primeiro passo: criar sua lista de e-mails. Para isso, você deve ir até o menu “Audience” e, em seguida, escolher “Import Contacts” no menu “Manage Audience”. Na tela seguinte você poderá optar pela sua forma de importação de contatos preferida.

    A plataforma permite que os contatos sejam importados de 3 formas: de uma lista externa, por meio da integração com uma plataforma e manualmente.

    Se você optar por começar com uma lista externa, deve selecionar a opção de importação dentre as 3 disponibilizadas na plataforma.

    1- importar contatos por arquivo CSV ou TXT;

    2- copiar e colar contatos de um arquivo XLS ou XLSX;

    3- importar contatos ao integrar serviços, como Google Contact, Salesforce, Zendesk e mais.

    Se você está começando agora, nossa recomendação é utilizar um arquivo em formato CSV ou TXT para testar a funcionalidade.

    Etapa 2: como desenvolver templates no Mailchimp?

    O Mailchimp oferece modelos personalizáveis de templates para ajudar você a criar o visual certo para o seu marketing por e-mail.

    Para isso, você deve clicar no menu suspenso “Brand” , em “Templates” e, em seguida, em “Create template”. Na guia “Layout”, você escolhe a melhor opção para a sua estratégia. Nesta guia, estão disponíveis os modelos “básicos” e “em destaque”.

    A primeira categoria tem layouts em branco, indicadas para quem quer inserir conteúdos autorais. Já a segunda traz sugestões de conteúdo para diversos tipos de campanha.

    Na guia “Themes”, há também opções de layouts predefinidos, e, na guia “Code your own”, é possível criar o layout do seu próprio modelo a partir de código HTML.

    Etapa 3: como criar uma automação no Mailchimp

    Criar campanhas automatizadas no Mailchimp agiliza o trabalho do dia a dia e aumenta seus pontos de interação com a sua lista . Consequentemente, gera mais engajamento.

    Na versão gratuita do Mailchimp é possível automatizar apenas e-mails avulsos. Porém, nos planos pagos, é possível automatizar os envios de uma sequência de e-mails para nutrir seus leads.

    Algumas aplicações interessantes para a automação do envio de e-mails são:

    - Enviar um e-mail de boas-vindas para quem se cadastrar;

    - Enviar uma mensagem de aniversário (e até mesmo um desconto especial);

    - Enviar e-mails personalizados para contatos de determinada segmentação;

    - Enviar e-mails com novos artigos do blog;

    - Enviar e-mails de recuperação de carrinho abandonado;

    Entre outras.

    Para criar uma automação no Mailchimp é preciso seguir os seguintes passos:

    1- Acesse o painel da sua conta, clique no menu “Automate” (automatizar) e selecione Email.

    2- Escolha uma categoria para localizar a automação que você quer usar (por exemplo: “Feliz aniversário”). Caso nenhuma das alternativas funcione para você, você pode criar uma automação personalizada clicando em “Custom”.

    3- Selecione “Single email” (um único e-mail) ou “Email series” (série de e-mails). Lembre-se que a opção de e-mails em série só é habilitada nos planos pagos.

    4- Insira o nome da campanha e escolha o público a que se destina. Depois, clique em “Begin”.

    5- A partir daí os passos são os mesmos da criação de uma campanha: escolha e edite o layout, preencha os campos de assunto e conteúdo de e-mail.

    6- Por fim, clique em “Start Sending”.

  • É possível conectar seu e-commerce ao Mailchimp, e assim desbloquear recursos avançados que podem te ajudar a vender mais online. São ferramentas como o retargeting de produtos, acompanhamento de métricas, formulários pop-up, e-mails de carrinho abandonado e notificações de pedidos.

    Para isso basta conectar sua loja virtual ao Mailchimp através da central de integrações. A partir daí os dados dos seus produtos poderão ser puxados automaticamente, e você poderá inseri-los em suas campanhas através dos blocos de conteúdo (content blocks).

    Utilizando os blocos de conteúdo você poderá listar o nome, imagem e valores dos seus produtos em e-mails, landing pages, e até mesmo em um site construído dentro do Mailchimp utilizando o “Website Builder”.

    Para quem usa Shopify, o ShopSync permite enviar as informações automaticamente do Shopify para o Mailchimp.

    Além da integração com o Shopify, o Mailchimp também permite conexões simplificadas com:

    - WooCommerce;

    - Magento;

    - PrestaShop;

    - BigCommerce;

    - Big Cartel;

    - Drupal;

    - Miva;

    - Eventbrite;

    - Volusion.

    Via programação também é possível criar integrações personalizadas utilizando a API de e-commerce do Mailchimp.

Amazing comments, suggestions and feedbacks

Popular articles from Blog

  • Como funciona Mailchimp: turbine o envio de e-mail marketing
    Ler artigo
  • Mailchimp templates: onde achar e obter o melhor resultado
    Ler artigo
  • Como usar Mailchimp e conseguir resultado no e-mail marketing
    Ler artigo