API

O que significa API e como isto pode mudar a sua vida

14/06/2016
o que significa API

Humanos tem uma habilidade incrível de receber uma informação visual, combinar com experiências passadas e saber o que precisa ser feito. É por isto, por exemplo, que sabemos que a cor vermelha do semáforo significa “pare”. Máquinas, no entanto, não tem a mesma capacidade humana, elas precisam que “algo” leia os dados. Este “algo” são as APIs. Mas o que significa API?

O que significa API:

API (Interface de Programação de Aplicativos) é uma solução que torna os dados de um website compreensíveis para um computador. Por meio dele, um computador pode ver e editar um dado.

Em 2013 mais de 10 mil APIs tinham sido publicadas por empresas para consumo público. É por meio de uma API, por exemplo, que o seu meio de pagamento “lê” os dados da sua página de checkout e os usa para processar o pagamento.  Ou como o MailChimp “lê” os dados de cadastro de um novo usuário e envia para uma lista.

É por meio também destas APIs que as soluções de conectividade, como a Pluga, integram as mais variadas soluções web.

Novidade: Nova Integração! Saiba como funciona o MercadoPago, como usá-lo na Pluga e muito mais!

O papel da API para trabalhos repetitivos

Vamos explicar melhor o que significa API e como elas auxiliam sua vida. Imagina você ter que ler um dado, interpretá-lo e lançar em uma lista do MailChimp. Isso não é um problema, certo? Um dado por dia, provavelmente um novo cadastrado. Talvez você perca no máximo 5 minutos.

No entanto, o que aconteceria se esta fosse uma tarefa extremamente trabalhosa, de copiar milhares de cadastros todo o dia? Você adoraria delegar esta função a um computador, que o faria rapidamente e com precisão. Para delegar esta tarefa, no caso do MailChimp, você precisaria usar a API deste para integrá-lo a um outro sistema, no caso o seu.

Com uma integração você pode fazer algo em um sistema que será automaticamente atualizado no outro. Certos sistemas já possuem integração nativa, basta que você autentique a sua conta. Você já deve ter reparado isto em certas situações, como no caso abaixo do Leadin com o MailChimp.

O Leadin é uma solução gratuita da Hubspot para captura de e-mail. Com a integração, cada novo cadastro no Formulário do Leadin, cai em determinada lista do MailChimp. Imagina se você tivesse que fazer tudo manualmente? 😓

O que significa API - Plugin do Leadin, exemplo da Pluga

E quando soluções web não possuem integrações nativas?

Vimos que é por meio de uma API que o computador lê os dados de um website. E que, por meio dele, um computador pode ver e editar um dado. E também vimos que quando dois sistemas começam a “conversar entre si”, então há uma integração. Certos sistemas possuem integrações nativas, mas a maioria não.

E o que acontece quando as soluções web não possuem integrações nativas? Bem, neste caso, temos que realizar muito trabalho manual. E ainda corremos o risco de cometer erros sem perceber.

Este conceito de eliminar o trabalho manual repetitivo não se limita ao profissional não. Olha o que está acontecendo, por exemplo, no mercado de Internet das Coisas (IoT). A ideia da IoT é criar hardwares inteligentes, não apenas softwares, que possam se comunicar.

Imagina, por exemplo, se a sua geladeira se comunicasse com o sistema da Amazon Fresh, via API. avisando que o leite está acabando. A verdade que isso já acontece. O sistema da Amazon Dash já se comunica com a Amazon Fresh para entregas de produtos. Duvida? olha aqui!

Entendeu o que significa API e o poder que ela oferece para quem quer integrar ferramentas web e, desta forma, aumentar a produtividade? São inúmeras as aplicações, tanto na vida pessoal quanto na profissional!

Veja também: 7 ferramentas para aumentar a produtividade do seu negócio

E como podemos aplicar a automatização de processos na sua empresa

Um dos mandamentos mais importantes dos bons programadores pode ser resumido em três letras: DRY (Don’t Repeat Yourself), do inglês, “não se repita”. Em vez de re-escrever um bloco de código inteiro, mudando só algumas variáveis, por que não transformá-lo numa função 100% reutilizável?

Esse preceito da não repetição é a base dos aplicativos de automação, que cuidam de executar ações em dispositivos ou serviços conectados quando gatilhos são acionados. Tudo isso sem interferência humana ou qualquer necessidade de escrever código, o que poupa tempo e dinheiro.

Eles podem ser configurados, por exemplo, para automaticamente ativar o modo silencioso do seu smartphone quando você chega a um local, armazenar os anexos recebidos no Gmail numa pasta do Dropbox ou incluir os pagamentos que sua empresa processa pela iugu numa planilha do Google Sheets.

E aí, gostou? Esta entendendo melhor o que significa API? Ainda tem alguma dúvida sobre como ferramentas de conectividade podem otimizar os processos da sua empresa? Compartilhe a sua opinião ou dúvida conosco nos comentários!

Veja mais: Breve História das Interfaces de Programação de Aplicação

You Might Also Like

close

Odeio tarefas manuais!

Compilei 11 dicas dos empreendedores mais eficazes do mundo para melhorar minha produtividade. Quer ver?

Receba durante 11 dias dicas incríveis que irão te ajudar a:

check
check
check

Melhorar a sua produtividade;

Ter mais tempo para curtir a vida (e não surtar);

Revolucionar sua forma de trabalhar!

  • Seus dados estão seguros! Prometemos não te enviar spam.