A competição no mercado empresarial é uma realidade. Para saber caminhar nesse ambiente é preciso que algumas estratégias sejam colocadas em prática como, por exemplo, a gestão à vista.

Com esse tipo de metodologia é possível fazer com que o seu negócio tenha mais eficiência em algumas questões, como:

  • Transparência de dados e informações organizacionais;
  • Comunicação interna otimizada;
  • Maior engajamento entre todos os núcleos da empresa.

Quer saber como essa estratégia pode potencializar o seu negócio? Então você chegou ao lugar certo! ✨

Neste artigo vamos explorar os benefícios de fazer uma gestão à vista, além de alguns exemplos de aplicação para que a trajetória da empresa em um mercado competitivo seja orientada a resultados

Vamos lá!

O que é gestão à vista?

Gestão à vista é um tipo de metodologia que apresenta informações relevantes de uma empresa de modo visual. Essa exposição pode ser feita por meio de:

  • Quadros;
  • Painéis;
  • Telas digitais;
  • Outros recursos visuais.

A partir dessa visualização todas as pessoas da empresa têm uma noção maior do andamento das atividades de cada área, assim como, se os objetivos estão no caminho para serem alcançados.

Para além de ser uma maneira de deixar todos “na mesma linha” fazer um quadro de gestão à vista pode ser uma ferramenta para aumentar a transparência, a eficiência e o engajamento em uma organização.

Também pode te interessar:

Qual é a importância da gestão à vista?

Antes de entender como fazer um quadro de gestão à vista é importante compreender os principais motivos para aplicar esse tipo de metodologia no seu negócio. Já comentamos aqui que essa estratégia é ótima para uma melhor visualização do andamento das atividades da empresa. 

Mas, para deixar mais evidente a importância da gestão à vista elencamos alguns pontos que precisam de destaque. São eles:

  • Transparência organizacional;
  • Comunicação efetiva;
  • Engajamento dos colaboradores;
  • Identificação de oportunidades de melhoria;
  • Tomada de decisões embasada em dados;
  • Fortalecimento da cultura organizacional. 

Ou seja, é bem nítido o quanto essa metodologia pode ser benéfica para a organização, produtividade e crescimento saudável de um negócio. No vídeo abaixo você entende mais alguns dos motivos para usar a gestão à vista na empresa.

Como fazer um quadro de gestão a vista? 5 passos

Agora que já compreendeu o que é e a importância de fazer a gestão à vista no seu negócio, a pergunta que fica é: como fazer um quadro visual desse tipo de metodologia? 🤔

Existem diversos recursos que podem ser aliados na criação de um quadro de gestão à vista, indo desde os mais simples como aplicar em um quadro branco ou em alguma cartolina, até os softwares e paineis digitais. 

Independentemente do que for ser usado para a construção desse quadro é preciso entender o ponto de partida. Separamos 5 passos essenciais para esse começo:

  1. Defina os objetivos;
  2. Determine os KPIs;
  3. Escolha onde o quadro será feito;
  4. Crie seções e categorias;
  5. Atualize o quadro.

Confir a seguir os detalhes de cada um dessses passos.

1. Defina os objetivos

O primeiro passo para usufruir do melhor da gestão à vista é entender bem quais os objetivos que precisam ser alcançados e defini-los. Eles precisam ir além das questões gerais da empresa e abordar também metas das equipes.

Ah! É muito importante que eles sejam bem estabelecidos, mensuráveis e alinhados com o objetivo central do negócio.

2. Determine os KPIs

Assim que os objetivos forem definidos é preciso determinar quais os indicadores-chave de desempenho (KPI) que serão acompanhados nesse quadro. É importante que eles reflitam os principais aspectos do negócio e também dos objetivos traçados anteriormente. 

Leia também:

3. Escolha onde o quadro será feito

Como já comentamos anteriormente, existem diversos “locais” em que seu quadro pode ser feito, são eles:

  • Quadro branco;
  • Papel e cartolina;
  • Software de gestão visual;
  • Painel digital.

Escolher qual dessas opções usar vai depender muito das características do seu negócio e também do que for mais amigável a todas as pessoas da equipe. Mas, independentemente do formato escolhido, é importante que o quadro de gestão à vista esteja em um local que seja acessível a todas as pessoas. 

Além disso, ele precisa ser de fácil leitura e compreensão e ser atualizado regularmente. Isso incentivará o engajamento e a participação de todos na gestão e no acompanhamento dos KPIs.

4. Crie seções e categorias

Como já comentamos, as informações dispostas em um quadro de gestão à vista precisam estar apresentadas de uma maneira de fácil compreensão. Nesse sentido, faz parte criar seções e categorias. 

Essas divisões podem servir para alguns motivos, como:

  • Acompanhamento do fluxo de trabalho;
  • Mapeamento de processos;
  • Dashboard para apresentação de dados consolidados da empresa como um todo.

5. Atualize o quadro

Em uma empresa é preciso entender que processos podem ser modificados, dados gerais são atualizados e tarefas mudam de status a todo momento. Portanto, este quadro precisa ser dinâmico e atualizado com recorrência. 

3 softwares para fazer um quadro de gestão à vista

Caso escolha fazer um quadro de gestão à vista em um software, você verá que existem diversas opções. Separamos três dessa lista para te ajudar nessa pesquisa. 

Trello

O Trello já é uma ferramenta muito conhencida quando o assunto é acompanhar o fluxo de trabalho de equipes. Com a metodologia Kanban, a plataforma faz com que a visualização e atualização dos status de tarefas seja atualizado de forma dinâmica e simples.

Veja na imagem abaixo um exemplo de um quadro de gestão à vista para acompanhamento do fluxo de trabalho: 

gestão a vista no fluxo de trabalho

Asana

Com a Asana é possível acompanhar não somente os fluxos de trabalho, mas também fazer o mapeamento de processos mais longos, como o de um projeto por exemplo. Ter um cronograma em um quadro visual das etapas que vão precisar ser seguidas, quando cada equipe será responsável e o que se espera alcançar com isso, é muito necessário. 

Veja um exemplo da própria ferramenta de como é a visualização desse quadro de mapeamento de processos:

gestão a vista no mapeamento de processos

Looker

Por último, temos uma ferramenta do Google: o Looker, antes Google Data Studio. Dentro da plataforma é possível criar dashboards com dados gerais da empresa, assim como para acompanhar informações que serão importantes para equipes de marketing ou atendimento, por exemplo. 

Veja um exemplo da própria ferramenta de como esses dados são apresentados no dasboard:

gestão a vista no acompanhamento de dados gerais de um negócio

Para não se esquecer!

O que é gestão à vista?

Gestão à vista é um tipo de metodologia que apresenta informações relevantes de uma empresa de modo visual.

Qual é a importância da gestão à vista?

Transparência organizacional; Comunicação efetiva; Engajamento dos colaboradores; Identificação de oportunidades de melhoria; Tomada de decisões embasada em dados; Fortalecimento da cultura organizacional.

Como fazer uma gestão à vista?

1. Defina os objetivos; 2. Determine os KPIs; 3. Escolha onde o quadro será feito; 4. Crie seções e categorias; 5. Atualize o quadro.

Share on twitter
Share on linkedin
Share on facebook
Ludmila Silva

Marketing

Esse artigo foi útil para você? 😎
Média: 5 / 5

Você também pode gostar

Novidades de Produto

Desbloqueie os superpoderes das ferramentas que você mais ❤️

Confira 4 opções de integração Omie ERP via Pluga: gestão de estoque; Pagamentos e faturas; Status do cliente e Comunicação interna. […]