Entrevistas

Entrevista com o empreendedor Pedro Renan, da We Do Logos

29/06/2016
Entrevista com Pedro Renan, CMO da We Do Logos

Essa semana recebemos a visita do Pedro Renan. Ele foi fundador da Logovia, um dos maiores sites de concorrência criativa do Brasil, e atualmente é CMO da We Do Logos, uma plataforma onde empresas podem criar logotipos, cartão de visita, nome para empresa, folder, etc.

Aproveitamos a visita dele em nosso escritório para fazer uma entrevista com um empreendedor de sucesso, que lidera atualmente a maior empresa de crowdsourcing da América Latina. O Pedro Renan, depois de passar por experiências em grandes empresas, inclusive multinacionais, viu que não era isso que queria. E, em agosto de 2011, ele fundou a Logovia.

Em 2012, a Logovia participou do Programa de Aceleração da Tree Labs. Em 2013 , recebeu o primeiro investimento anjo. Em 2014 tiveram mais uma rodada de investimento, mas desta vez foram com fundos do Brasil e de Israel. E, finalmente, em 2015, fundiram-se com a We Do Logos e tornaram-se a maior empresa de crowdsourcing da América Latina. Confira esta entrevista com o empreendedor Pedro Renan.

No final desse artigo, você pode encontrar os links para 4 outras entrevistas com empreendedores de sucesso !

Entrevista com um empreendedor

Conversamos um pouco com Pedro Renam sobre a sua trajetória empreendedora, a fusão da Logovia com a We Do Logos e a unificação das operações, Inbound Marketing, Hub do Empreendedor e muito mais!

Escute aqui a entrevista com o empreendedor Pedro Renan: 

Um pouco mais da nossa entrevista com Pedro Renan, CMO da We Do Logos

Yan Cantuaria: Agora falando um pouco mais de Marketing, que é a sua especialidade, a WeDoLogos adotou uma série de novas estratégias focadas em Inbound Marketing e vem obtendo resultados muito bacanas. Em três meses, por exemplo, vocês aumentaram em mais de 130% sua captura de leads na plataforma e em 360% o volume de tráfego de vocês. Seria ótimo se você pudesse contar um pouco mais sobre Inbound Marketing e como essa estratégia pode ajudar os empreendedores que estão nos escutando.

Pedro Renan: Eu fiz faculdade de administração. Então meu background é todo finanças e contabilidade. Sempre trabalhei com isso, tanto nas multinacionais como no início da Logovia. Sempre na parte de projeção, de análise de dados, fazendo DRE (demonstração contábil que mostra se seu negócio é lucrativo), a parte numérica mesmo de final de dia.

E, quanto mais a empresa crescia, mais eu ficava focado nisso. No começo eu ainda ajudava em vendas e atendimento, até porque não tem como fazer contabilidade se não temos o que vender. Você acaba fazendo um pouco de tudo, mas quanto mais a empresa crescia, mais eu ia ficando segmentado nisso.

Quando a gente fez a fusão, eu continuava trabalhando em contabilidade e finanças. Só que em setembro do ano passado, a gente tinha começado a trabalhar com OKR, que é o Objectives and Key Results. Ela é uma metodologia que o Google usa, que a Intel usa e está se disseminando aqui no Brasil (…) e o OKR, para ser trabalhado bem, você precisa ser muito voltado para números. Porque tudo é medido por resultados.

Você tem que metrificar tudo que a empresa faz, e marketing era uma área que estava muito pendente de números. Não tínhamos ainda uma base numérica dos dados de marketing e isso estava dificultando muito alcançar os resultados, pois você não tinha uma base para projetar. E não tinha como você construir algo, porque você não tinha como aprender por não mensurar aquilo.

Então tivemos uma reunião para estruturar novamente o organograma. Acabou que, por ter mais facilidade com a parte numérica, eu acabei indo para o marketing. Essa parte de inbound é muito nova pra mim, mas em 3 meses temos alcançado resultados absurdos.

Vou tentar ser bem breve nas nossas principais estratégias que levaram à isso.

Vimos que inbound marketing, você – de fato – precisa educar o seu público e fazer algo segmentado. É o que funciona. É o futuro do marketing. É o futuro da We Do Logos. E não existe outra forma da gente fazer isso.

Então nós invertemos muito as ações. Estávamos investimento, em média, 6 mil reais por mês em Adwords e não dava retorno. Era um custo por aquisição muito caro. Mas estávamos usando por nos dar uma conversão de vendas em curto prazo. Você coloca dinheiro no Adwords e você vai vender. Mesmo que seja a mil reais o clique, você vai ter acesso.

Nesse momento resolvemos esquecer o Adwords e passar a investir esses 6 mil reais em SEO (otimização para mecanismos de busca). Começamos a produzir um conteúdo por dia para o nosso blog. Conteúdo de qualidade e que vai educar.

Nós fizemos um estudo para entender qual conteúdo as pessoas queriam ler. Criamos a nossa persona, ou seja, quem é o “cara” que compra da nossa empresa.

Só isso já aumentou bastante nosso tráfego do blog de pessoas que estavam vindo recorrente. Divulgarmos nossos conteúdos em redes sociais. Começamos a fazer um trabalho que eu costumo dizer que é o básico, mas muitas vezes é difícil as pessoas fazerem o básico.

Então, eu passei a produzir um conteúdo por dia. Eu otimizei meu blog para ele ser responsivo e abrir no celular. Coloquei as abas dos posts mais lidos e relacionados. Comecei a divulgar os posts mais lidos no Twitter, no Facebook. Criei um calendário de postagens, com os horários que eu vou postar, com os conteúdos que eu vou postar.

Antes eu só tinha 5 posts por mês em Facebook, porque só produzia conteúdo novo. Então passei a postar conteúdos antigos. Conteúdos que já tínhamos, mas a base não tinha acessado. E só com isso aumentamos em mais de 1000 acessos vindos do Facebook para o nosso blog.

Começamos a relançar ebooks do ano passado, que quem curtiu a página esse ano nunca tinha visto. Colocamos mais campos para esse usuário assinar a newsletter, conseguir baixar os ebooks pelo próprio blog.

Esta gostando desta entrevista com o empreendedor Pedro Renan? Antes de prosseguir, que tal dar uma olhada nesta postagem? Growth Hacking: o que é e como usar em sua empresa

Continua Pedro Renan:

E as duas estratégias que mais funcionaram são:

  1. Guest Post. A gente começou a escrever para outros blogs. As pessoas adoram isso. Eu mando um e-mail e pergunto “posso escrever para o seu blog?”. É claro! Todo mundo quer que você escreva para o seu blog. Eu escrevi para 20 blogs diferentes. Então são 20 sites linkando para o seu, com uma audiência que você não teria. E isso também ajuda em SEO porque sites relevantes estão linkando para o seu blog.
  2. Co-Marketing. Fizemos parcerias com outras empresas e isso começou a impactar diretamente nos nossos acessos. Passamos a fazer ebooks, artigos, etc, que ajudaram na nossa captura de leads.

Hoje, por exemplo, nas nossas métricas, 95% dos leads são provenientes de co-marketing. É muito alto porque eu estou lançando um conteúdo com uma marca que tem a ver com meu público. Lançando algo de extrema qualidade. E todo o público da base do parceiro vai ter acesso e poderá baixar esse ebook. Assim eu tenho acesso aos leads que eu não teria antes. Essa estratégia tem dado um resultado fenomenal.

Então se eu pudesse sintetizar seria: produção de conteúdo rico, guest posts e co-marketing. São ações que você pode fazer. Não vão custar tão caro e você vai conseguir ter números expressivos.

Curtiu nossa entrevista com um empreendedor do porte de Pedro Renan? Então veja mais entrevistas com empreendedores:

Então veja mais entrevistas com empreendedores:

You Might Also Like

close

[CHECKLIST GRATUITO]

Como criar sua campanha de

e-mail marketing do ZERO sem esquecer nenhum detalhe.

Confira as 3 etapas fundamentais de como criar e-mail marketing e obter sucesso na sua campanha.

Cadastre-se para baixar esse Checklist GRÁTIS!

envelope-o